13/07/2020 10:00
Saúde Bucal: Implantodontia Contemporânea
Foto: Reprodução

A implantodontia é a especialidade da odontologia responsável por reabilitar a perda do elemento dentário através da implantação cirúrgica de um parafuso de titânio no interior do tecido ósseo, sobre o qual se instala uma prótese dentária confeccionada em laboratório.

Quando bem planejado e realizado por profissional especializado, o processo cirúrgico é normalmente previsível e sem intercorrências. O pós-operatório é praticamente indolor, com uma taxa de sucesso acima de 95% dos casos. As pequenas peças confeccionadas em titânio, que imitam o formato da raiz do dente, são instaladas nos ossos da mandíbula e/ou maxila por meio de instrumentos rotatórios, obedecendo um rigoroso protocolo de biossegurança, visando assim à osseointegração, ou seja, a fixação adequada do implante ao osso.

Ao longo das últimas cinco décadas, a busca por melhores tratamentos e desenvolvimento de novas técnicas foi constante na implantodontia. Atualmente, existem técnicas cirúrgicas conservadoras planejadas virtualmente, sem corte, portanto com pouco sangramento, proporcionando assim a melhor recuperação do paciente. Os implantes dentários modernos vêm garantindo excelentes resultados, desde que bem instalados e indicados corretamente, a partir de cuidadosa anamnese e detalhado exame clínico para avaliação do quadro de saúde geral e condição bucal do paciente.

Devido aos enormes avanços da engenharia que proporcionaram o aperfeiçoamento no desenho das roscas e na textura da superfície dos implantes é possível, em alguns casos, reabilitar os pacientes desdentados de forma imediata. Por ter atingido um elevado nível de previsibilidade, quando corretamente indicada, a “Técnica da Carga Imediata” tem atualmente um lugar de destaque e grande importância na clínica de implantodontia contemporânea. Nesta técnica não há necessidade de se aguardar o tempo de 4 a 6 meses para se realizar a colocação de uma prótese sobre o implante, como ocorre na técnica tradicional. No mesmo dia da instalação da peça de titânio, o paciente já pode sair do consultório com uma coroa provisória em acrílico, para posterior confecção da coroa definitiva em porcelana.

Merecem destaque também os enxertos ósseos e as técnicas avançadas de manipulação do tecido gengival, os quais têm aumentado as chances de sucesso das reabilitações orais com implantes dentários, devolvendo assim às pessoas o prazer de viver com um belo sorriso. Pode-se constatar então que a implantodontia contemporânea, integrada às outras especialidades, como a periodontia, a estética dental e a ortodontia, tem ajudado a resgatar a autoestima e qualidade de vida dos nossos pacientes, na medida em que eles têm suas funções mastigatória, fonética e estética recuperadas.


 

Dr. Tonio Zandoná é especialista em Implantes Dentários.

 

 

 

 

 

Os textos publicados nesta coluna não refletem o posicionamento do Grupo Cidade de Comunicação.

Comentários


AV. DESEMBARGADOR MOREIRA 2565
DIONÍSIO TORRES CEP: 60.170-002
FORTALEZA-CEARÁ | FONE: (85) 3198.8888
CNEWS@GRUPOCIDADECE.COM.BR
SIGA O CNEWS
COMO ANUNCIAR
DESENVOLVIMENTO