14/04/2014 11:02
Fashion Rio: Resumo das tendências para o verão 2015
Veja os destaques da moda carioca para o Verão 2015

O Fashion Rio terminou nesta sexta-feira, 11, e mostrou que as tendências vão além da moda praia, com peças descomplicadas, que saem das passarelas direto para o guarda-roupa dos consumidores.

 

As cores que vão vir com tudo esse verão serão: o laranja e o amarelo.

 

Estamparia: Digital, alto relevo e bordados.

   

Maxi brinco: Será um acessório indispensável nesse verão, só que dessa vez ele virá em uma orelha só.

  

 

Tiveram biquínis com a parte de cima maiores e também trabalhados com bordados. E fazendo composição com esses biquínis os óculos vem arredondados e espelhados.


Biquinis: Hot pants continuam em alta.

  

E aí, o que acharam?

 

 

10/04/2014 11:34
Saia Midi: A Queridinha do SPFW
Veja e se inspire nos looks com a peça que se tornou o must have das fashionistas.

Quem esteve nos corredores desta edição do SPFW logo pôde perceber que peças com comprimento midi, aos poucos estão deixando de ser ignoradas para se tornarem as queridinhas da estação.

Midi é um comprimento que fica entre 4 dedos abaixo do joelho e a panturrilha. Os modelos mais usados são o godê e o evasê, acinturados e fluidos. O godê, por ser bem rodadinho, proporciona uma aparência retrô. Porém, dentro da tendência atual, é bem comum ver midis mais afunilados, e muitas vezes totalmente colados ao corpo.

No SPFW deste ano, vimos diversos looks com saias nessa altura - acompanhadas de camisas de alfaiataria, usada com tênis esportivos ou estampadas.

Você usaria essa tendência?
Veja algumas dicas para valorizar o look:

  

  

E aí, gostaram?

 

 

08/04/2014 04:30
Como organizar o seu armário

 

Arrumar o guarda-roupa sempre é difícil não é mesmo? E pra muitos, manter sempre arrumado é pior ainda! Confira algumas dicas para te ajudar na hora de arrumar! 

Antes de começar a organizar, que tal separar aquelas roupas que você não usa mais para fazer doação? Além disso, dar uma organizada geral:

~> Doe o que não usa a mais de 2 anos ( a moda volta, mas volta com novas cores, texturas, tecidos)
~> Retire do guarda roupa papel, livro, cadernos, sacolas de lojas, miudezas que lotam as prateleiras.
~> Guarda roupa não é lugar de guardar contas, recibos, notas fiscais e estoque de material de escritório/papelaria: Se o guarda roupas está lotado e abarrotado de miudezas e papelada como priorizar a organização das roupas do dia a dia? Se for necessário, guarde essas coisas em caixas transparentes e organize em outro armário ou cômodo.


Fazendo as dobraduras corretas, separando por cor, padronizando cabides, embalando à vacuo dá para deixar qualquer armário muito bem organizado, mas tem que se esforçar, DESCARTAR o que não usa, jogar fora o que estiver estragado. Diminuir estoques é sempre necessário. 

Analise o seu armário sem nada dentro e estude o espaço. Se você tem 1 gaveta lotada de roupas de ginástica, elas são prioridade (você faz todo dia e sempre usa aquelas roupas). Priorize o que você mais usa! O que você usa diariamente! Desta forma, você poderá organizar melhor, visualizar o que tem, desembolar, deixar tudo visível, à mão.

Poucas gavetas para organizar todas as roupas? Compre caixas resistentes e use-as como gaveta.

Organize moda praia, lenços e echarpes, acessórios de inverno e mais o que você precisar. Se o tamanho da gaveta permitir organize sutiã e calcinha. Para que fique bem organizado compre um organizador de calcinhas com divisória tipo colmeia. Os sutiãs devem ser guardados abertos um dentro do outro.


Não escolha o cabide considerando somente o tipo de material. Sendo de madeira, de plástico resistente ou de aço encapado, o mais importante é saber se o utensílio suporta o peso da roupa sem quebrar ou deformar a peça. Ou seja, para uma roupa mais leve, um cabide fino é suficiente, mas para um terno é necessário um com sustentação, mais largo nas extremidades. Todavia, a constância de material pode criar uma harmonia visual. Se possível, una as orientações: adapte um tipo de cabide à sua versão em determinado suporte.

Caso não tenha uma sapateira, os calçados podem ser organizados dentro do guarda-roupa, em caixas de plástico, com furos para ventilação, ou em prateleiras. Se você vai planejar seu closet ou comprar um guarda-roupa novo, vale pesquisar os modelos que possuem prateleiras específicas para sapatos, mais baixas e móveis sobre corrediças, que facilitam o manuseio dos pares.

Camisas, calças, saias, vestidos, casacos, ternos e blazers devem ser pendurados em cabides. As bermudas, shorts, calças jeans e de moletom podem tanto ficarem suspensas em cabides quanto dobradas em prateleiras. Por sua vez, as malhas e tricôs devem ficar em prateleiras, dobrados, isso evita a deformação das peças. 

Fonte: Google

Mas manter o armário organizado é um desafio pra mulher moderna que é cheia de compromisso e muitas vezes não encontra tempo e paciência para organizá-lo. Que tal contratar uma personal organizer? Veja no vídeo abaixo e saiba mais!

 

07/04/2014 05:28
Veja os desfiles do último dia do evento.

Olá Hypinhos!

Ficou faltando mostrar as tendências do último dia de SPFW né?

O primeiro desfile foi o do estilista Reinaldo Lourenço que trouxe uma coleção inspirada na excentricidade do estilo inglês, que surgiu nos sapatos oxford e nos trench coats desconstruídos em calças, jaquetas e saias com botões e amarrações típicos desse casaco. O estilista compôs peças ricas e detalhadas.

 

"O desfile aconteceu no teatro Faap e contou com um cenário repleto de tons vermelhos, azuis e brancos. Quando as modelos ficavam na frente de cada um dos fundos, era perceptível como as roupas poderiam interagir com diferentes cenários. As roupas vieram sem decotes tradicionais, mas várias delas tinham recortes verticais que criavam transparências e deixavam a barriga de fora. Barriga de fora parcialmente coberta por tecidos vazados é tendência nessa estação.

Paetês transparentes davam efeito de garoa londrina sobrepondo estampas. Várias peças traziam bordados inglês no algodão e flores aplicadas. Dentre os materiais estavam: Seda metal, cetim de seda, gabardine de algodão com seda, tricoline e couro. Nos acessórios, bolsa mochila usada à tiracolo, cintos coat, tote bags e chapéu panamá. "

O desfile da Ellus trouxe o ator Cauã Reymond na passarela, com direiro a foto "selfie" dele, os estilistas e algumas modelos, no final do desfile. Além de vestirem blusas preta escrito "O fim desse Brasil atrasado".

 

"A Ellus propôs jeans com referências esportivas para o verão 2015. A marca procurou fazer jeanswear de luxo, com materiais mais sofisticados que a média e bons cortes. A renda ganhou versão plastificada. Nos acessórios, elementos esportivos falaram da necessidade de um guarda-roupa funcional. Mochilas, bonés, bolsas com corrente de bicicleta e coturnos, trouxeram uma identidade urbana. Shortinhos de corrida em versão jeans, vestidos de manga cavada, misturas de tecido metálico com jeans, remetem ao universo esportivo."

Wagner Kallieno trouxe vestidos lindos com muito branco, dourado, brilho e cintura marcada com um cinto. 

 

"O estilista potiguar Wagner Kallieno foi uma das atrações mais esperadas do SPFW. O estilista em seu primeiro desfile, procurou valorizar o bordado seridoense, herança portuguesa ainda mantida viva na região de Caicó, no Rio Grande do Norte. Kallieno trabalha tecidos naturais como linho e seda com interferência de fios de metal e mistura de elementos como madeira, cristais, pedrarias e bordados 3D."

O desfile da Amapô veio com cores vibrantes e teve É o tchan como trilha sonora! As modelos sempre com acessórios na cabeça, como óculos e chapéus com flores. Foi um desfile bem divertido!

 

"Seguindo temas havaianos, a marca traz elementos mais óbvios desse universo como o hibisco e o neoprene para seu clima urbano, desconstruindo o hula-hula de maneira inesperada. O jeans veio caprichado com novas cores e lavagens para as famosas calças de cintura alta da marca."

Samuel Cirnansck encerrou o último dia de SPFW com vestidos lindíssimos! O estilista não possuía tema definido e segundo ele, ele se inspirou nas mulheres de um novo tempo, com apenas uma direção: O tempo delas. 

 

"A paleta de cores veio vibrante com rosa choque, vinho, vermelho e azul. O estilista escolheu modelos que não fossem tão magras, de forma que pudesse ter "um pouco mais de carne" por baixo das roupas. "

E aí o que acharam?

 

Fotos: Fashion Foward
Textos: Folha de São Paulo

04/04/2014 05:30
Tendências dos desfiles do 3º e 4º dia

Olá hypinhos! Muita coisa linda no SPFW né? E vamos pra mais um post, agora mostrando as tendências e os desfiles do 3º e 4º dia de evento! 

O terceiro dia de SPFW começou com os desfiles da estilista Paula Raia que passou muita leveza e transparência! Olha só alguns modelos:

 

"Sem sair de seu universo estético, Paula mostrou uma coleção emocionante e que marca uma evolução bonita em seu trabalho. Há muitas texturas, um exercício mais trabalhoso de construção e até da tradução das inspirações em roupas. Ela fala de amor e de valores e, quanto mais valor essa “mulher da terra” agrega, mais elaborada e forte fica sua roupa. A organza de seda em escama, que dá volume leve a alguns vestidos, tem um efeito tão delicado quanto sofisticado. Os comprimentos longos e recortes laterais que Paula gosta e que, de certa forma, são sua marca registrada, estão bem representados.

Paula escolheu sua própria casa para apresentar a coleção. Projetada por Isay Weinfeld, é um sonho bem à sua maneira: madeira, vidro e vegetação. Ao som de cantos africanos, as modelos, com beleza suave, entravam como que flutuando. Tudo ali comunicava leveza e gentileza. Por trás desse clima, o espírito forte dessa mulher da terra, que tece não apenas a roupa, mas as relações com seus filhos e as pessoas que a rodeiam."

Glória Coelho trouxe looks super modernos, com mais opções para o "pretinho básico", ótimas opções para usar no trabalho, além de brilho e classe!

 

"Há algum tempo Gloria vem postando em seu perfil no Instagram fotos de unicórnios. O principal tema de sua coleção é criaturas mágicas. Mas quando o primeiro look aparece na passarela, nem sinal das criaturas. Por sorte, Gloria nunca foi literal e é sempre uma boa brincadeira tentar desvendar onde estão suas inspirações, como ela as enxergou e de que forma são representadas.

A alfaiataria medieval está clara nos paletós-pelerines em crepe, lindamente construídos, opção de primeira para o verão e uma das peças que já nascem desejo. Essa é a parte mais forte da coleção: totalmente usável, mas ainda assim com um pensamento e uma ideia de design por trás, com cristais Swarovski aplicados em tule e mangas deslocadas que, olhando de frente, fazem o efeito capinha. As peças de malha canelada que abrem a coleção exalam juventude em sua simplicidade e vibração de cor.

As roupas de festa fecham o desfile, começando por uma série de vestidos, curtos e longos, construídos em plaquinhas por cima de tule."

Depois teve Ronaldo Fraga com muitas cores e estampas lindíssimas e peças com inspiração em Cândido Portinari!

 

"Tão bonito quanto as coleções de Ronaldo são as histórias que as inspiram. Desta vez, um de nossos maiores mestres, Cândido Portinari, é o ponto de partida para o Verão 2014/15. Os desenhos que fazia ainda pequeno, a chegada do circo em sua cidade, as noites de São João, pipas soltas e espantalhos nas plantações de café aparecem em belos bordados em fios soltos ou estampados de maneira gráfica e colorida, aqui a pipa como principal referência. 

O desfile é dividido em blocos: os vestidos de crochê artesanal que abrem a apresentação, seguidos pela parte geométrica com presença forte dos losangos, até entrar nos azuis, o ponto alto, junto com a série dos fios soltos e as cenas inocentes que Portinari costumava retratar. Primorosos o vestido e a jaqueta bordados à mão em tecido escuro. Com formas e volumes fluídos, há muitas peças que já podem ir direto para as araras, em um flerte com possibilidades mais comerciais que não desrespeitem seu trabalho autoral."

Lilly Sarti apresentou sua coleção inspirada em cavalos e mais uma vez podemos ver tons de terra, franjas e transparência nas passarelas do SPFW.

 

"A Lilly Sarti estreia com buzz. Conversas de corredor diziam que era um dos desfiles mais disputados da semana. A marca existe há quase dez anos; a própria Lilly tinha apenas 19 anos quando a lançou, e hoje conta com mais de 70 pontos de venda e uma clientela fiel – na primeira fila, meninas e meninos muito bem nascidos faziam festa para as irmãs.

O tema cavalo é desdobrado de diversas maneiras, das ferraduras às jaquetas de chamoix de franjas aos jeans com detalhes manuais que remetem ao Velho Oeste."

E depois foi a vez da marca cearense Água de Coco por Liana Thomaz! A grife mostrou lindos looks com inspiração na vida submarina e cores que lembravam o mar, a terra, além de muitas estampas que remetiam a peixes!

 

 "A inspiração era a vida submarina, mas o desfile da Água de Coco por Liana Thomaz tinha um quê de selvagem. Um dos grandes desafios desta coleção, como a estilista contou no backstage, foi fugir do clichê do peixinho, e a marca foi muito bem sucedida nisso. Um dos fatores que contribuíram na estilização do tema foi a estamparia, com a imagem bem fechada em close: à primeira vista, os detalhes de arraias pareciam manchas de onça; o jardim de algas, a folhagem de árvores. 

Liana aponta o maiô como peça-chave do Verão 2014/15, mas vale destacar também as roupas que vão além da saída de praia; a estilista investiu em peças de seda pura que podem ser usadas até em um casamento no fim da tarde, como ela sugere."

O desfile de Adriana Degreas teve participação da top Shirley Mallmann que foi a estrela do desfile, com peças que imitam lingeries. Teve a inspiração no Rio de Janeiro, em sua riqueza visual e na influência francesa na arquitetura.

 

"A designer Adriana Degreas cria coleções para clientes que chama de "mulheres alfa", poderosas e seguras, que não têm medo de ousar. Assim, nesta estação, a estilista afia ainda mais as tesouras, e acentua decotes, fendas, recortes e investe no beachwear com ar de lingerie, todo trabalhado em rendas que revelam desenhos que Adriana chamou de formas tropicais.

Numa releitura do trabalho do artista inglês Valter Crane, a estilista ainda estampou caftans, túnicas e bodys com um desenho de cisne e folhagens de ar oitentista."

E a Colcci encerrou a noite do 3º dia com chave de ouro! Trazendo a super top model Gisele Bündchen! Nos looks, muito jeans, pretos e a volta do "Collor Block". A maquiagem das modelos estava super simples, com sombra na cor cobre, rímel e um brilho nos lábios.

 

"A entrada do desfile da Colcci parecia porta de show. É o efeito Gisele potencializado pelo efeito Tom Brady, que vibrou e ferveu da primeira fila cada vez que Gisele aparecia. Mas a apresentação mais concorrida da semana também conquistou por um outro fator: a coleção de verão da Colcci é linda, fresca e fun. Na saída do desfile era esse o comentário entre os fashionistas. A cartela de cores é ora vibrante, ora calma, sempre bem sucedida, tanto no masculino quanto no feminino. Ótimo o trabalho com o jeans, especialmente os decorados com tachas turquesa. As saias abaixo do joelho, apesar de não comunicar imediatamente com seu público super jovem, marcam um statement fashion para um shape que tem aparecido com bastante força nesta temporada. Meninos e meninas têm aí uma ótima gama de produtos, de calças a jaquetas, tops a vestidos, com um bom trabalho que reúne o artesanal e o tecnológico, listras, lisos e estampas, com toda a diversidade esperada de uma marca com a operação da Colcci."

O quarto dia de desfiles, começou com o desfile de Pedro Lourenço Capsule que mostrou uma coleção mais comercial. Trouxe de volta a tendência de pele de zebra, além do metalizado e muito brilho.

 

"Nome dos mais reverenciados da moda nacional, Pedro Lourenço, prestigiado pelos pais, Gloria Coelho e Reinaldo Lourenço, e por Alexandre Herchcovitch, e com Carol Trentini na passarela, o estilista apresentou a linha Pedro Lourenço Capsule, desenvolvida especialmente para o mercado brasileiro. Entre as peças, looks para o dia a dia de uma mulher moderna, mas que preza por um certo ar clássico, e produções arrasadoras para festa. Cintura marcada por poderosos cintos e trench coats para todas as ocasiões chamaram a atenção.

Sempre alinhado com a tecnologia, Pedro Lourenço trouxe à passarela colares feitos em impressoras 3D. Estampas com cara de zebra, preto, bege, lilás e muito brilho marcam presença na coleção."

Têca por Helo Rocha teve como principal influência dos looks o movimento art déco. E mais uma vez uma make simples, mas sem esquecer  do rímel!

  

"As porcelanas antigas, que já foram tema da Têca no inverno 2013, fazem seu retorno nesta temporada. Mas, agora, inspiradas em Portugal – mais precisamente nos azulejos de lá. Resultado? Cinturas destacadas, vestidos esvoaçantes, comprimentos longos... Tudo com o habitual espírito girlie da marca de Helô Rocha.

Com apresentação ao vivo de Roberta Sá, irmã da estilista que comanda a etiqueta, o desfile apresentou um rico trabalho de bordados, feito no interior do Rio Grande do Norte, com arabescos e detalhes adamascados em tecidos finíssimos de algodão. Para quebrar um pouco o romance que permeia toda a coleção, cintos metálicos quase rústicos. Ainda entre os acessórios vistos na passarela, lencinhos presos em tiaras e bolsas de azulejo que boas moças vão adorar usar."

A marca Movimento apresentou um desfile diferente, com objetos coloridos na passarela, no qual as modelos passavam por eles, dando a impressão que cada look passava por "filtros" diferentes. O desfile teve como caracteristica principal as cores, inclusive no rosto das modelos com sombras bem fortes e chamativas.

"Os anos 1980 estão de volta. Pelo menos é o que deixa transparecer a coleção da grife de moda praia Movimento, que mostrou suas propostas de verão nesse penúltimo dia de SPFW. A coleção tem nos maiôs e nas saídas de praia com estilo esportivo os seus pontos fortes. Há maiôs para todo tipo de corpo e todo efeito de bronzeado. Alguns são cheios de faixas (que não parecem feitos para tomar sol), outros muito comportados, cobrindo boa parte do tronco. Há até o indefectível "engana-mamãe", fechado na frente e devassado atrás. As cores fluorescentes, as malhas com textura brilhante, as tangas do tipo "fio dental", os tops e os tecidos "aerados" rememoram os tempos de culto ao corpo. E anunciam um verão de (boas) formas em evidência."

E mais um cearense se destacou na passarela do SPFW verão 2015. Lino Villaventura apresentou a sua coleção mostrando muita leveza a começar pelo fato dos modelos desfilarem descalços. Vestidos longos e com excelentes modelos, cores e estampas!

"Lino Villaventura escreveu no release "Com os pés no chão! Novos Tempos". Como os textos que ele escreve às vésperas do desfile são sempre pessoais, parecia que a frase seria apenas uma figura de linguagem. Mas não. Os modelos tendo um sol ao fundo realmente entraram com os pés no chão, sem sapatos, apenas com aquelas tornozeleiras bastantes conhecidas por quem já rompeu ou torceu os ligamentos e teve de usar como contenção. No final, o último look, o mais estruturado de todos, foi desfilado por Isabel Hickmman, a protagonista na última edição do beijo na boca junto com Alicia Kuczman. 

Isabel não usava as tornozeleiras e desfilou na ponta dos pés. Seja por isso ou pelo volume excessivo do vestido, os pés se enroscaram no tecido e, por alguns momentos, parecia que ia tropeçar. Os demais looks foram fluidos, estampados em tons terrosos, com pitadas de vermelho e verde, com abstrações de plantas e de animal print."

Encerrando o penúltimo dia de SPFW, a Fórum ?trouxe mais cores e brilhos e teve como inspiração o pantanal brasileiro. A marca tentou aliar formas e silhuetas simples do jeanswear a tecidos mais incrementados.

 

E aí gostaram? 


 

03/04/2014 05:00
Veja as tendências do SPFW nos 2 primeiros dias

Olá hypinhos!

O São Paulo Fashion Week começou essa semana e já está cheio de tendências! E claro que a coluna hype vai mostrar tudo pra vocês! Vamos conferir as tendências dos desfiles dos 2 primeiros dias de evento?

No primeiro dia,  o desfile inicial foi o da Animale, que trouxe muito couro, seda, lã e renda! Além de muita estampa e vestidos lindos! Olha só:

 "Algo mudou na estética da Animale. A silhueta está mais fluída, a mulher que a marca representa, mais solta e leve. Uma mudança sutil e que não compromete a linha de pensamento da marca. 

O interessante no trabalho da Animale é que o produto tem uma força que independe de temas ou estações. Priscilla Darolt viajou para o Recife e para a Amazônia em busca de referências e ideias. A marca finca o pé com força no desenvolvimento de tecidos e novas possibilidades de materiais. A renda renascença, por exemplo, é um ícone do artesanato brasileiro, mas aqui foi trabalhada no couro e com um traço mais gótico para não ficar com um ar romântico. Certamente o calor desumano que assolou o país neste último verão fez bem para a marca, que aparece mais solta, com uma atitude relax (as parkas amplas e jogadas marcam bem essa ideia), ainda assim bem Animale."

A Tufi Duek trouxe looks mais simples, porém muito lindos! As cores que mais predominaram no desfile foram o azul, branco, preto, metalizados e muito brilho! 

 

 

 "Após as imagens fortes étnicas das temporadas passadas, a Tufi Duek muda totalmente de direção e corre atrás de um verão fresco, leve e jovem. Edu viajou para Miami, onde fez um tour pelas melhores piscinas dos melhores hotéis para entender o que poderia tirar daquele universo. Do alumínio das escadinhas aos tecidos e estampas dos estofados do mobiliário de piscina, tudo está presente na coleção, com um perfume 60’s e 70’s.

Como sempre, há um trabalho muito sofisticado nos materiais desenvolvidos. E a marca não poupa esforços: uma das imagens mais fortes da passarela é feita em um tule holográfico desenvolvido na Suíça. Os três looks nesse material com efeito arrebatador foram inspirados por crianças brincando com bolha de sabão que Edu viu durante sua viagem. E praticamente todos os tecidos são texturizados ou trabalhados de forma que sua origem passa despercebida para dar vida a uma outra coisa. O resultado bem sucedido pode ser visto nos muito vestidos em tons claros, com uma leve construção, nada pesada e muito jovem."

Cavalera encerrou a noite do primeiro dia de SPFW com muita variedade e classe. Além de lindos looks, a make também estava maravilhosa, com muito rímel, maçãs do rosto bem marcadas e lábios na cor nude, ou sem nada.

 

"A Cavalera é conhecida em ir além da moda e trazer performances artísticas em seus desfiles e a coleção “Woodstock em Bali” já tinha ganhado a plateia com a mistura da moda 70’s e a leveza de um lugar paradisíaco. O desfile, além de fazer todo mundo cantar junto a música 'Is this love' de Bob Marley, também trouxe no final todos os modelos e equipe de estilo segurando cruzes, que traziam palavras de protesto como “preconceito”, “ódio” e “violência”, parte do protesto #AQUIJAZ. Foram aplaudidos de pé!"

No segundo dia, o primeiro desfile foi o de Alexandre Herchcovitch e trouxe a tendência do militarismo, cores escuras (preto e azul), metalizados, vestidos brancos e cores fortes (como vermelho, rosa e azul bic).

 

"Mais uma bela apresentação comandada pelo maestro Alexandre Herchcovitch. Enquanto as modelos passavam no amplo espaço da Oca, no parque Ibirapuera, era claro que havia um feeling 50’s no ar com inspiração na Marilyn Monroe.

O desafio aqui foi transformar esse tema, fortemente associado a sensualidade, feminilidade e exuberância em uma imagem à la Herchcovitch. Os vestidos, casacos e calças têm as formas e cortes a que estamos acostumados, com uma mistura inusitada de materiais. Do algodão ao látex, passando pela seda e o denim, a coleção é uma onde às possibilidades de materiais que uma roupa ou um look pode levar."

O desfile da Pats Pats trouxe tons vibrantes que são a cara do verão, com tecidos que chamavam a atenção e nada discretos! Metalizados na cor azul, pink e dourado deram um show na passarela. E na make, muito rímel e um batom rosa lindo!

 

"Andrea mostrou uma evolução desde sua estreia na temporada passada. Com um desfile no saguão do hotel Unique, ela mostrou 23 looks que traduzem o estilo de vida de sua prima Harley Viera Newton, com saias curtas, calças justas, tops cropped e uma boa série metalizada. Em sua viagem de fim de ano, Andrea foi para Los Angeles passar um tempo na casa de Harley e notou que a prima tem um estilo mais casual, está sempre de cabelo solto, usa pouco salto e ainda assim exala glamour. Sua viagem continuou para Tulum, Rio e Punta Del Este, onde ela notou o mesmo despojamento. Esse estilo de vida relax & cool do jet set foi desfilado ao som de hits de Lorde e Sky Ferreira, em uma apresentação pop e com destaque para o trabalho em couro (especialidade de sua mãe, Patricia Viera), especialmente os metalizados fortes azul e rosa, com os óculos espelhados da marca Lema 21. A coleção certamente vai falar com uma consumidora jovem e com gosto por moda."

Patrícia Motta trouxe looks lindíssimos com muita estampa. Na make os lábios foram bem destacados, na cor laranja.

 

"Em sua segunda participação no SPFW, Patricia Motta suaviza a imagem de sua marca, mas continua a impressionar com a habilidade de manuseio da matéria-prima que é sua especialidade: o couro. Inspirada “em cores e formas, em flores e sabores”, a estilista apresenta um Verão 2014/15 deliciosamente leve, com uma cartela de cores que levam nomes de frutas. A silhueta é lady like, com cintura marcada e saias amplas de vários comprimentos – mas o uso de zíperes bem aparentes ajuda a atualizar o mood da coleção.

Foram em momentos de reflexão debaixo de uma pitangueira que surgiram as graciosas estampas da temporada, em vários tamanhos. Além dessas formas aquareladas e dos degradês preto e branco, o couro funciona como tela em branco para experimentações em texturas, como a de linho; e os recortes, como no vestido de noiva com desenho vazado de renda."

Giuliana Rommano veio com mais looks brancos e pretos super lindos! Além do bege, laranja e mais brilho, metalizados e renda!

"Giuliana Romanno fez uma bela estréia no SPFW, com uma atitude confiante de quem sabe bem a imagem que quer passar, sem precisar recorrer a invencionices de passarela. Clean e chique, o Verão 2014/15 da marca tem como ponto de partida a cidade de Paraty e seus traços históricos, inspiração que em nenhum momento aparece de forma literal. Mais “visível” talvez seja a ótima cartela de cores, que remete à areia da praia, ao sol e ao mar (na primeira parte da coleção, a mais linda), com referências urbanas da metade pro fim do desfile, que tem brilhos e tons escuros."

Vitorino Campos trouxe lindos modelos daquele "pretinho básico", transparência e mais metalizados!

 

 "Mais uma coleção vibrante do jovem Vitorino. As modelos trouxeram uma série de modelos com looks negros, que pisavam forte e com energia. Para fazer uma coleção escura para o verão, Vitorino se valeu da leveza de materiais, como a organza, e das formas, que são simples e descomplicadas. Paletós-vestidos, vestes de alcinhas e mantôs de verão texturizados com lurex são os destaques da “parte preta”. De repente entra a série clara/transparente, igualmente bonita, com vestidos de organza tecnológica que revelam cores. Com formas simples e riqueza de texturas, Vitorino vai abrindo seu caminho com uma linguagem contemporânea e que passa longe de qualquer buraco negro. Seu caminho está direcionado para a luz."

O desfile de Uma Raquel Davidowicz trouxe o queridinho Jeans, além de looks lindos e modernos! A make mais uma vez com olhos destacados e boca nude, mas desta vez, um laranja metalizado nos olhos.

 

E pra fechar o segundo dia, a Triton chamou a atenção com cores em tons pastéis, além dos acessórios como bolsas, pulseiras, colares e brincos. As peças desfiladas combinaram metal e pedras e levam assinatura do designer Caio Vinícius que combinou o rústico e chique. As pulseiras de acrílico vira e mexe voltam no verão e a Triton trouxe também as cores laranja e dourado, inclusive na make das modelos. 

"A Costa Amalfitana é um dos lugares mais lindos do mundo. Pelas mãos de Karen Fuke e Igor de Barros, essa inspiração naturalmente se transforma em looks de sonho para um verão fresco, vibrante, confortável e – por que não – romântico. Tanto no masculino quanto no feminino há uma desconstrução inteligente da alfaiataria, um exercício de volume e movimento, ótima pesquisa de materiais e uma cartela de cores especial, com uma mistura leve e muito equilibrada de cáquis com azuis e rosas, com fios de ouro arrematando algumas combinações."

E aí gostaram? Depois tem mais! 

Fotos e textos: Fashion Forward e Site Garotas Estúpidas

01/04/2014 11:11
O xadrez está voltando!
Você usa ou curte usar a estampa xadrez? Veja dicas e não erre na hora de usar!

Xadrez, é a peça do momento! O hit dos anos 90, volta com uma pegada mais casual e em modelagens mais justinhas, super femininas! 

 

A moda xadrez voltou em alta no ano de 2012. Mesmo agora, o xadrez ainda é permitido, dependendo da forma em que for combinado. A roupa xadrez tem uma origem interessante. Ainda antes de Cristo, no norte da Europa, há indícios de alguns clãs onde o xadrez, tecido a lã, era utilizado. Posteriormente, entre os séculos XII e XIII foram criados os Tartans, um estilo de tecido com xadrez simétrico, era utilizado para identificar os clãs escoceses.

 

Durante muitos anos, o xadrez foi considerado símbolo de rebeldia, e chegou até a ser proibido na Escócia durante anos. Não é de se surpreender que ele seja, ainda hoje, moda por tempo indeterminado no movimento punk e outras tribos alternativas. Atualmente a moda se expande e invade as ruas. Há xadrez para todos os gostos e estilos. O xadrez, antes popularizado mais pelas camisas e entre os homens, após introduzido por Chanel, tornou-se um ícone na moda feminina, multiplicando-se para além das blusas. 

Dependendo da padronagem, o xadrez pode tanto remeter à descontração e rebeldia do estilo grunge como também a uma sofisticação clássica. Um acessório com detalhe xadrez pode fazer toda a diferença o look! Invista nas estampas coloridas para dar um up em uma produção neutra. As saias retas, em ?A? ou mais justinha, é uma opção que foge do comum. Só evite se você tiver quadril muito largo. Com calça jeans e sapatos baixinhos, a camisa xadrez é uma opção super confortável para o dia-a-dia (um dos jeitos mais legais de usar é aberta com uma regata básica por baixo). Para levar o look pra balada, combine com um peep toe ou bota de salto e legging!


  

Vestidos: Com modelos soltinhos, retos, balonê, coloridos... É só combinar com uma meia-calça e pronto: está quentinha e estilosa! Ao comprar um vestido xadrez, primeiro, pense bem se ele combina com você, com sua personalidade e com suas intenções de uso, ou vai acabar comprando uma roupa linda que vai ficar mofando no guarda-roupa.

Uma dica para investir esse ano é no xadrez vermelho! 


E aí gostaram? 

28/03/2014 05:30
Top de renda: Veja dicas e saiba mais

 

O top de renda já virou tendência e tem muitas meninas usando e amando. Geralmente ele tem o formato de triângulo. Esqueça já a ideia de desfilar outros modelos por ai, o legal é deixar à mostra apenas a alcinha, nunca o bojo ou a parte da frente, onde os seios se unem. Nem pense em usar com vestido social, fica over e não fica fashion. Quem tem a comissão de frente avantajada, deve escolher um modelo com bojo. Rola uma sustentação mais firmeza, sem bojo também são incríveis, mas ficam reservados para meninas com pouco peito. Modelos coloridos ou neon são mais divertidos e ideais para looks do dia a dia. O preto é sexy e impactante. Guarde para um look balada. Não tente casar essa tendência com o uniforme do colégio. Vai parecer que você errou feio no sutiã, não que quis fazer a fashionista.

Camiseta largona com hot pant, calça jeans ou saia longa são combinações certeiras para usar com o top de renda. Blusinhas com gola fechada e costas abertas ficam um luxo quando a parte de trás do sutiã aparece, o top de renda precisa ser inteirinho de renda. O triangular é o mais fácil de encontrar e é o que mais está em evidência, você pode montar vários looks com ele, um estilo básico de short jeans e camiseta branca pode ser facilmente transformado por um top colorido, fica lindo! Dê preferência a camisetas amplas, de malha. Deixa aquela roupa esporte, mais romântica e mais mulherzinha. Além das camisetas, pode ser usado com camisa social, é, isso mesmo, essas que estão super em alta; a transparência com a renda fica um charme, porém cuidado, para não cair no vulgar, preste atenção no comprimento das outras peças, entre outros detalhes, outra questão dessa peça é a sustentação, muito cuidado quando for comprar, experimente bem, procure ver se é o seu tamanho, pois afinal é um top. 

O top cropped de renda já ganha destaque por si só, então o ideal é que você aposte em peças mais discretas, como um shorts ou calça de alfaiataria, saia que pode ser ajustada ou mais larguinha, curta ou longa, e claro, que tenha a cintura alta, o que irá complementar com graça e elegância seu visual.

Essa tendência mostrou que veio pra ficar. Milhares de mulheres estão apostando inclusive as celebridades, fashionistas e blogueiras já adotaram, criando produções perfeitas. 

 

 

 

E aí hypinhos o que acharam? Quem usa e curte essa tendência? 

Página 1 de 64 (512 registros)

<< < 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10  +10 > > >>