HOME > ENTREVISTAS > MODA

Brenda Bernardo e o sucesso da Mirror

Publicado em 21/05/2019 às 20:33
Compartilhe Tweet

A entrevista da semana é com Brenda Bernardo, responsável pelo sucesso da Mirror. “O mundo da moda feminina é muito dinâmico, principalmente quando se trata de fast-fashion. Nós sempre buscamos estar atentas às tendências de moda e comportamento, levando em consideração a essência da ‘nossa’ mulher. Investimos muito em marketing e nas redes sociais, que atingem um público jovem e bem antenado em moda”, afirmou. Acompanhe:

Como nasceu a Mirror?

A Mirror nasceu na verdade de uma maneira bem informal. Eu sempre gostei muito de moda, por mais que minha área de atuação na época fosse bem diferente, pois sou fisioterapeuta dermato-funcional. Como me identificava muito com esse mundo da moda, eu gostava muito de escolher tecido, procurar referências de moda e, muitas vezes, criava meus próprios modelos junto a uma costureira. As amigas sempre adoravam os looks, mas nunca tinha pensado em levar isso como profissão, até que comecei a ajudar a fazer a curadoria de algumas peças para loja que meu pai tinha em um bairro mais afastado. Minhas amigas começaram a encomendar essas peças, a coisa foi dando tão certo, que, em pouco tempo, eu estava indo a São Paulo fazer compras para revender. Vendia para amigas, que indicavam outras amigas e, assim, as coisas foram acontecendo muito naturalmente. Sempre gostei do nome Mirror, pois o espelho nos remete muito ao que conseguimos ver e à aparência, mas nossa missão como empresa é justamente ir além do espelho, ir além do que podemos ver e levar às nossas clientes autoestima e segurança!

Como a marca busca se consolidar no ramo de moda feminina?

O mundo da moda feminina é muito dinâmico, principalmente quando se trata de fast-fashion. Nós sempre buscamos estar atentas às tendências de moda e comportamento, levando em consideração a essência da “nossa” mulher. Investimos muito em marketing e nas redes sociais, que atingem um público jovem e bem antenado em moda.

Como a Mirror busca se diferenciar das demais marcas do segmento?

Dentro da loja, oferecemos um bom mix de produtos e prestamos serviços diferenciados para nossas clientes, como ajuste gratuito e assessoria de personal stylist, que ajuda a cliente a fazer compras mais assertivas e de acordo com seu tipo de corpo e estilo, proporcionando, assim, uma excelente experiência de compra.

De que maneira a Mirror fideliza sua clientela?

Trabalhamos com base em três pilares simples: um bom atendimento, transparência e um preço justo para o produto que oferecemos.

Qual maior desafio em atuar com moda feminina?

O maior desafio que enfrentamos é acompanhar a velocidade das mudanças da moda, pois não podemos perder o "time" de lançamentos de coleção, pois pecas que seguem uma forte tendência têm um ciclo de vida muito curto.

De que forma a Mirror renova suas coleções a cada estação?            

Tudo começa com muito estudo e muita pesquisa. Estamos sempre atentas às semanas e eventos de moda internacionais e nacionais, pois é de lá que saem as tendências das próximas estações, e isso já direciona a curadoria. No segundo momento, criamos o moodboard da coleção, que sempre é a história contada por trás da coleção que explica toda a inspiração e intenção da coleção que está por vir. Como trabalhamos no modelo fast-fashion, esse processo acontece mensalmente, exigindo de nós muita dedicação e transpiração para que tudo chegue às prateleiras de forma que encante nossa cliente!

Como empresária, de que maneira avalia o momento político e econômico nacionalmente?

O Brasil passa pela sua maior recessão econômica e crise política depois do período da redemocratização, gerando muita instabilidade, incerteza e pessimismo para o pequeno-médio empresário brasileiro que ainda não viu o País voltar a crescer em um ritmo acelerado. Por outro lado, acredito que já chegamos no pico dessa crise, onde o Brasil ou estagnou ou voltou a crescer importantes indicadores econômicos. Olhando para frente, com o País voltando a equilibrar as contas públicas, existe uma forte tendência de crescimento acelerado da economia, com maior geração de renda e emprego, que fará com que nós, empresários, voltemos a investir e acreditar novamente no potencial do nosso País.

Como cuida do corpo e da mente?

Uma coisa que não abro mão na minha rotina é do meu momento na academia. Sou aquela rata mesmo, que vai de domingo a domingo e sinto muito prazer, pois diante de tantas atividades que muitas vezes nós, mulheres modernas, temos que desempenhar e com tanta maestria, como nos dedicar ao trabalho, cuidar da casa, ser uma boa esposa, ser uma filha e amiga presente e ter vida social entre tantas outras, saber que, naquele momento, estou fazendo algo apenas para mim é muito reconfortante! Cuido da mente com meu momento de oração, ali sozinha no meu quarto, eu e Deus, quando busco sabedoria e discernimento e também pratico meditações, pois, como sou muito agitada, isso me ajuda a manter a calma e tranquilidade que preciso no meu dia a dia.

De que maneira atua para dividir seu tempo entre trabalho, família e lazer?

Acredito que, para mim, esse seja um dos meus maiores desafios, pois sou muito exigente comigo mesma com relação ao meu trabalho. Se tenho uma tarefa para concluir, posso virar a noite, mas não deixo de realizar. Então, é uma busca diária desse equilíbrio, pois acredito que a vida é como uma balança, e, se você se dedica muito a uma das áreas e esquece as outras, sua vida desequilibra de alguma forma. 

O que mais gosta de fazer nas horas livres?

Das coisas que mais amo fazer quando chega o final de semana é acordar e tomar um café da manhã com meu marido em uma padaria nova, seguir para academia e malhar sem pressa. Amo receber os amigos em casa e dividir uma boa taça de vinho, adoro conhecer um restaurante novo, principalmente se for italiano. Estar com minha família, que é meu refúgio e de onde eu extraio todo amor desse mundo! Viajar, viajar e viajar, conhecer novos sabores e novas culturas.

Quais as expectativas para o futuro?

São e serão sempre as mais positivas, pois almejo um futuro de muita esperança e paz. Provavelmente esse ano ainda irei morar em São Paulo, onde pretendo dar outros passos para o negócio, mas não se preocupem, pois a Mirror vai continuar por aqui vestindo e trazendo elegância para a mulher cearense!


PUBLICIDADE

CONTATO COMERCIAL
(85) 3198.8888
comercial@cnews.com.br