HOME > ENTREVISTAS > CARREIRA

Marco Albuquerque e a ousadia odontológica

Publicado em 08/10/2018 às 09:35
Compartilhe Tweet

O entrevistado da semana é o odontologista Marco Albuquerque, um dos profissionais mais respeitados da área no Ceará. “Imagino que um tratamento odontológico é muito mais do que a realização de implantes, lentes de contato canal etc. Imagino que o tratamento odontológico tem a capacidade de mudar e transformar positivamente a vida das pessoas. Tornar um sonho em realidade. O impacto que o sorriso tem na autoestima, no convívio social e na forma de se relacionar com os outros é impressionante. Aqui em Fortaleza, desempenhamos uma odontologia de reconhecimento internacional”, afirmou. Acompanhe a seguir:

São 17 anos de atuação profissional. Como surgiu a paixão pela Odontologia?

Fui criado em uma família de dentistas. Meu pai exerceu uma Odontologia de altíssima qualidade em sua época, sendo referência em reabilitação oral por mais de 25 anos. Essa convivência acabou atiçando a curiosidade e despertando a paixão que sinto em mudar a vida das pessoas. 

Quais os principais percalços ao longo de sua carreira?

Não diria percalços. Acho que foram mais desafios. O maior desafio foi buscar conhecimento fora do nosso Estado. Logo que me formei, fui fazer residência em um dos maiores hospitais de Odontologia do mundo, o Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais da USP. Lá, pude conviver e trabalhar de perto com muitos pacientes com as mais diversas dificuldades e síndromes faciais (Portador de fissura de lábio e palato, Síndrome de Down, Síndrome de Appert, Crouzon). Foi uma experiência ímpar, na qual pude entender a fundo que, muitas vezes, as maiores necessidades dos nossos pacientes são as emocionais. Posteriormente, tive a oportunidade de fazer o meu mestrado e doutorado na USP de São Paulo. Neste momento, consolidei toda a minha formação acadêmica. Antes de iniciar propriamente na clínica particular, resolvi servir ao Exército na Amazônia, na Brigada de Infantaria de Selva, em Boa Vista. Esse foi um outro desafio que me coloquei para também entender as necessidades regionais de nosso povo, bem como colocar os conhecimentos adquiridos em prol de pessoas que possuíam pouquíssimo acesso a uma Odontologia de qualidade. 

Como fez para driblar as adversidades durante sua trajetória?

Sempre busquei colocar as situações adversas que surgiram como desafios a serem superados para um crescimento profissional e pessoal. Acho que esse é o grande segredo do sucesso. Na verdade, essas situações são grandes trampolins para alcançar verdadeiros saltos em nossas vidas. 

De que maneira analisa o segmento odontológico em fortaleza?

Tenho a certa convicção que passamos por um momento mágico na Odontologia. Inúmeros avanços tecnológicos têm proporcionado a transformação da vida das pessoas. Imagino que um tratamento odontológico é muito mais do que a realização de implantes, lentes de contato canal etc. Imagino que o tratamento odontológico tem a capacidade de mudar e transformar positivamente a vida das pessoas. Tornar um sonho em realidade. O impacto que o sorriso tem na autoestima, no convívio social e na forma de se relacionar com os outros é impressionante. Aqui em Fortaleza, desempenhamos uma odontologia de reconhecimento internacional. Cada vez mais, vemos pacientes vindo de outros países para realizar tratamentos em nosso estado. Isso é a consequência do reconhecimento do valor que os profissionais do Ceará exercem no Brasil e fora. 

Qual o maior desafio de manter a excelência em sua profissão?

Excelência é uma construção com início e sem fim. O segmento que mais cresce atualmente no Brasil, independente do momento que passamos, é o mercado de luxo. As pessoas estão cada vez mais exigentes e com perspectivas aumentadas. O processo de excelência despende muito investimento pessoal e profissional. Hoje, buscamos não só atender as expectativas de nossos pacientes. É necessário sempre ultrapassá-las. Uma forma de conseguir isso é através da incorporação da tecnologia em nosso ambiente de trabalho. O uso de tecnologia 3D, por exemplo, proporciona a participação do paciente no processo de definição e realização de seu novo sorriso. Ferramentas de planejamento digital do sorriso e uso de tratamentos ortodônticos invisíveis são modelos de vanguarda que nos colocam sempre na excelência quando falamos de Odontologia. 

O senhor é mestre em reabilitar sorrisos perdidos. Qual o segredo do sucesso?

Acho que o maior segredo é ter o poder de olhar no olho do paciente e captar as demandas emocionais que ele possui. Poder transmitir a segurança que ele necessita, independente das frustrações e experiências negativas vivenciadas no passado. O constrangimento emocional e social que o paciente carrega pela ausência de um sorriso é enorme. Ter essa capacidade de ler o paciente como um todo é o grande diferencial dos profissionais de sucesso. 

Lentes de contato de porcelana, estética, prótese e implantes dentários se tornaram cada vez mais comuns na odontologia contemporânea. No entanto, alguns profissionais pouco qualificados estão popularizando os procedimentos. Qual sua avaliação sobre isso?

A Odontologia tem a enorme capacidade de transformar a vida das pessoas. Deveria ser sempre de forma positiva, é claro. Porém, por vezes, quando um tratamento é mal indicado ou realizado de uma maneira insatisfatória, também irá proporcionar o impacto devastador na vida e no sorriso das pessoas. A escolha de um profissional capacitado e com experiência deve ser mandatório quando se busca qualquer tratamento especializado. 

Como cuida do corpo e da mente?

A minha família é a base de tudo. Através deles, consigo recarregar as minhas energias para o dia a dia. Minha esposa, meus filhos, pais e irmãos são fundamentais para a formação pessoal e intelectual que vivencio diariamente. Com relação ao corpo, busco fazer exercícios de cinco a seis vezes por semana para poder manter a minha saúde e poder compartilhar bons momentos com eles durante muitos anos. 

O que mais gosta de fazer nas horas livres?

Todos nós devemos ter uma válvula de escape para descarregar as energias. O meu é o Kitesurf. Pratico esse esporte há nove anos e encontrei nele a possibilidade de estar em íntimo contato com a natureza e esvaziar a mente de tudo que está acontecendo ao nosso redor. Nesse momento, somos só nós, o mar e a pipa. 

De que maneira analisa o momento delicado do nosso País atualmente no âmbito político?

Realmente muito delicado. Essa polarização é uma oportunidade para o crescimento da aceitação das diferenças. Tenho certeza que todos querem o melhor para o nosso País. São somente ideologias diferentes. Espero que o final seja um Brasil melhor para os nossos filhos. 

Quais os próximos passos de sua carreira? 

O planejamento estratégico profissional está a todo vapor. Acabamos de incorporar à nossa clínica um novo equipamento de tecnologia 3D para confecção de dentes em porcelana (lentes de contato, implantes, coroas) e para a realização de tratamentos ortodônticos com placas invisíveis (invisialign). Em breve, chegará também em nossa clínica um outro equipamento 3D para a realização ainda mais precisa desses tratamentos ortodônticos. Estive no último Congresso da Associação Brasileira de Odontologia Digital e fui indicado para ser o presidente da instituição e presidente do congresso que será realizado no Ceará em 2020. Tudo isso é o fruto de um trabalho constante que fazemos para a valorização da Odontologia brasileira e cearense.

De que forma a tecnologia 3d favorece sua atuação odontológica? 

Hoje, a tecnologia 3D está presente de forma diária e indispensável em nossa rotina clínica. Iniciamos com o planejamento do paciente onde realizamos o escaneamento tridimensional da face, desenhamos o design do sorriso do paciente no modelo 3D da boca dele e confeccionamos todo o trabalho de porcelana através de uma impressora de porcelana, também em 3D. Para a realização das porcelanas, utilizamos um aparelho alemão chamado Cerec, que é um sistema de cad-cam composto por um scanner para a boca, no qual são obtidas as imagens dos dentes em 3D. Através desse sistema, podemos planejar desde simples blocos de porcelana até coroas completas sobre dentes e sobre implantes, bem como reabilitações extensas feitas de porcelana pura.  

Para finalizar, quais as expectativas para o futuro? 

As melhores possíveis. Vejo grandes potencialidades na Odontologia, no nosso Estado e no Brasil. Buscar o melhor de cada um é o desafio estratégico que temos que lançar para alcançar as melhorias diárias em nossa casa e na construção de uma sociedade mais justa e perfeita.


PUBLICIDADE

CONTATO COMERCIAL
(85) 3198.8888
comercial@cnews.com.br