HOME > ENTREVISTAS > ESPECIAL

Amanda Arruda e o segredo das grandes festas

Publicado em 28/05/2018 às 22:52
Compartilhe Tweet

Amanda Arruda recebeu a nossa equipe para contar um pouco sobre sua trajetória de sucesso no mundo cerimonial.Em todos meus eventos, sem exceção, tem a minha doação por completo, contudo, o casamento, certamente, é o mais cansativo pela existência de dois eventos em um: celebração e a festa propriamente dita. São, na maioria das vezes, dois anos de preparação”, assumiu. Confira a entrevista:

Amanda, como e quando foi o início de sua carreira no segmento de eventos?

Comecei bem jovem, aos 16 anos, fui emancipada e, para ir mora fora, fui para Rio, fiz curso com Luciana Araújo e comecei fazendo eventos. Fiz 15 anos, casamentos e bodas.  Pouco depois, voltei e montei meu escritório em casa, contudo, meses depois já tive que alugar uma sala com ajuda de meu pai, pois não tinha a maioridade e nem renda declarada.   

São 25 anos de carreira. Você passou por muitas dificuldades para atingir o reconhecimento e a credibilidade que possui hoje?

Todo começo em qualquer segmento tem as suas dificuldades, contudo, com muito trabalho, dedicação e amor no que você faz, certamente os frutos virão. Qualquer profissão você tem que gostar do que faz, tem que ter vocação e, principalmente, ser capacitada, fiz isso ao longo dos anos, com cursos, treinamentos, faculdades, leituras e trocas de experiências nesse mundo globalizado.

Quais as principais lições que tirou nesses anos todos de trajetória profissional?

Que competência se mede com resultados. E que nunca feche a porta para um profissional porque um dia alguém deu uma chance para você ser quem é hoje.

Qual o tipo de festa você mais gosta de cerimonializar?

Primeiro, cumpre destacar, que tudo o que eu faço é porque gosto e amo fazer e não faço os meus eventos tão somente pela questão financeira. Entretanto, temos as nossas preferências, e, em primeiro lugar, se encontram os casamentos, apesar de ser mais cansativo, porém a sua essência, a sua formação, as pessoas envolvidas, as emoções, e as histórias envolvem de tal forma que entramos na profundidade de um sonho que se tornará realidade, mas amo fazer eventos de maneira geral.

E qual o tipo de evento mais trabalhoso e cansativo?

Em todos meus eventos, sem exceção, tem a minha doação por completo, contudo, o casamento, certamente, é o mais cansativo pela existência de dois eventos em um: celebração e a festa propriamente dita. São, na maioria das vezes, dois anos de preparação.

Para uma festa ser considerada perfeita para você, o que precisa ter?

Precisa ter uma excelente cerimonialista e, via de consequência, organização, planejamento e extrema dedicação.

Amanda, qual a principal marca de um evento cerimonializado por você?

Competência, profissionalismo e conhecimento naquilo que faz. 

Falando um pouco da vida pessoal, você se considera uma mulher vaidosa? Como cuida do corpo e da mente?

Sim, principalmente nesse segmento de eventos, pois é essencial estar sempre sendo cuidada, em ambos os sentidos.

Organizar, planejar e administrar um evento, seja social, seja corporativo, requer muita responsabilidade e comprometimento. Como administra o tempo entre trabalho, lazer e família?

Como todo profissional, tenho metas, e essas metas eu sempre alio com lazer e família, de forma que na minha agenda tenho bloqueios de datas para o lazer com minha família e não troco por nada.

Quando não está trabalhando, o que mais gosta de fazer?

Estar com minha família e buscar momentos de lazer e descontração. Nesse momento, mas nunca me desconecto dos clientes. 

De forma geral, o que não pode faltar em uma boa festa?

Repito, uma excelente cerimonialista de eventos para pinçar dos sonhos tudo que se tornará realidade, dentro do orçamento dos clientes e com qualidade e organização.

A situação econômica nacional pouco favorável no Brasil afetou de que forma o mercado de eventos?

Logicamente, toda afetação econômica afeta todos os segmentos, principalmente com alta de preços, contudo, esse é o momento de se reinventar e buscar soluções para enfrentar esses desafios, otimizando tudo o que for possível nos eventos e em todos os sentidos, com todos do setor atuando em conjunto para continuar tornando os sonhos em realidade sem perder o brilho e a qualidade.

Você, como cidadã, como analisa o momento delicado de nosso País?

Chegou um ponto que quebraram o País, não somente falando em termos de corrupção, mas também com a falta de escrúpulos. Como todo brasileiro, vejo como um momento de ser dar um basta naqueles que a vida toda somente buscaram o seu bem comum e não pensaram no coletivo e, pasmem, é generalizado, inclusive nos mais diversos setores de produção e de serviços. Avante, pois esse País tem jeito, e tudo depende da vontade de cada um e com único objetivo: o bem-estar de todos.

A quê atribui o sucesso das feiras de noivas que você promove?

Faço um trabalho personalizado, árduo e comprometido, visto que não faço simplesmente uma Feira de Noivas, procuro, sim, mostrar e trazer os melhores profissionais e os melhores produtos, que trarão ao seu evento a qualidade e a beleza que tornarão o seu evento um sucesso.

Para finalizar, o que espera dos próximos três anos no âmbito pessoal e profissional? 

Sou muito realizada no que faço! Espero estar realizando sonhos cada dia mais e mais. No lado pessoal, estar com minha família em paz.

Confira abaixo os cliques de Paulo Figueiredo.


PUBLICIDADE

CONTATO COMERCIAL
(85) 3198.8888
comercial@cnews.com.br