NOTICIAS | POLÍCIA

Líder de associação presta depoimento após sofrer ataque

Vítima detalhou como aconteceu o crime. Vídeo mostra ação
Postado em 18/12/2015 | 15:47

Vítima prestou depoimento nesta sexta. (Foto: Isis Cidade/TV Cidade)

Semanas após sofrer um ataque no bairro Mondubim, o líder da Associação de Transportes Alternativos de Cascavel, Cleson de Sousa Lima (50), prestou um depoimento nesta sexta-feira (18) sobre o caso nesta sexta-feira (50). A vítima teria sido atacada por José Wagner Alves Filho (42), tesoureiro da Cooperativa de Transportes Alternativos de Pacajus. 

De acordo com a vítima, Cleson e Wagner se encontraram na sede do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), no bairro Maraponga, em Fortaleza, no último dia 26 de novembro. Ambos já teriam se desentendido anteriormente. Ao sair do Detran, o homem entrou no carro e foi seguido por dois suspeitos em uma moto. Um carro deu suporte à ação. 

Em um determinado momento, o carro da vítima foi abordado e vários disparos foram feitos. Pelo menos oito atingiram Cleson. Sua esposa estava no carro, mas não foi atingida. O homem foi socorrido por populares. Um vídeo mostrando a ação foi divulgado pela Polícia Civil. 

Um dia após o atentado, foi preso José Wagner. Ele é acusado de ser o mandante do crime. De acordo com as investigações, o ex-policial militar Antônio Carlos Queiroz de Arruda, primo do acusado é apontado como contratante do crime. Ele contratou o motoqueiro José Alexandre da Silva e o atirador, que está foragido. Além disto, foi preso João Batista Costa Silva Filho, que deu suporte aos criminosos em um carro. Um vídeo mostra a ação. 

 
VEJA TAMBÉM
 
 
 
 

AV. DESEMBARGADOR MOREIRA 2565
DIONÍSIO TORRES CEP: 60.170-002
FORTALEZA-CEARÁ | FONE: (85) 3198.8888
CNEWS@TVCIDADEFORTALEZA.COM.BR
SIGA O CNEWS
Facebook Google Plus Twitter Youtube Instagram
COMO ANUNCIAR
DESENVOLVIMENTO