NOTICIAS | CEARÁ

Aulas presenciais devem voltar só em setembro, diz Camilo

Governador aunciou ainda que bares e cinemas continuam sem previsão de retorno
Postado em 01/08/2020 | 12:30

O governador Camilo Santana (PT) informou, neste sábado (1º), que escolas e universidades não deverão voltar com aulas presenciais neste mês de agosto. A previsão é que as aulas retornem em setembro, se o cenário da pandemia de Covid-19 for favorável. O anúncio foi realizado em transmissão ao vivo com o prefeito Roberto Cláudio (PDT), após reuniões de avaliação de estudos e cenários.

Camilo pontuou ainda que o retorno deve se dá de forma opcional para pais e alunos, que devem continuar com a disponibilidade de aulas remotas.

"Esse setor também estará opcional. Os pais e alunos terão a garantia da continuidade do atendimento remoto por conta das unidades escolares e universitárias. Esse é um processo de importante discussão. Vamos manter o mês de agosto aprofundando essa discussão com o comitê e os cientistas", acrescentou Camilo Santana.

Veja outros pontos destacados na live:

Fortaleza segue na fase 4
Cinemas e bares ainda não têm permissão de funcionamento;
Municípios da Macrorregião de Fortaleza avançam para a Fase 4;
Macrorregiões do Sertão Central e Litoral Leste/Jaguaribe continuam na Fase 2;
Macrorregião Norte segue para a Fase 2;
Macrorregião do Cariri segue para a Fase 1.

Em nota a Secretaria de Educação do Ceará (Seduc) comentou sobre a ausência de aulas presenciais: "A partir da próxima semana, a rede pública estadual se prepara para o retorno ao período letivo exclusivamente de forma remota, seguindo um planejamento de ações com o intuito de preservar o processo de ensino e aprendizagem de maneira segura.  Todas as aulas destinadas ao cumprimento do currículo para os alunos da rede pública estão garantidas. Como ainda não será possível o retorno aos estágios, e seguindo a legislação, haverá somente a suspensão ou a redução de carga horária dos professores contratados, por meio do Centec, com exclusividade ou com parte da carga horária, com esta finalidade", disse o comunicado. 

A nota segue afirmando que "o processo de retomada às atividades presenciais deverá considerar as orientações da Secretaria Estadual da Saúde (Sesa) e será regulamentado por meio de decreto governamental. A partir do retorno às aulas presenciais, todos esses contratados serão retomados nas escolas estaduais".

Também por nota, o Instituto Centec informou que "possui um contrato de gestão com a Seduc para selecionar e contratar professores do eixo profissional das Escolas Estaduais de Educação Profissional (EEEP). Até o momento, apesar do contexto excepcional ocasionado pela pandemia, não há suspensão de contratos com nenhum professor das Escolas Profissionalizantes. O Instituto Centec tem honrado seus compromissos: todos os docentes estão recebendo salários e benefícios integralmente".

O comunicado diz ainda que "a gestão dos nossos professores lotados nas escolas profissionais são definidas pela Seduc. O que a Secretaria determina em relação ao contrato de cada professor, se estiver de acordo com a legislação trabalhista, e após avaliação do nosso setor jurídico, é acatado pelo Centec".

 

 

 
VEJA TAMBÉM
 
 
 
 

AV. DESEMBARGADOR MOREIRA 2565
DIONÍSIO TORRES CEP: 60.170-002
FORTALEZA-CEARÁ | FONE: (85) 3198.8888
CNEWS@GRUPOCIDADECE.COM.BR
SIGA O CNEWS
COMO ANUNCIAR
DESENVOLVIMENTO