NOTICIAS | FORTALEZA

IJF 2 recebe novos respiradores e abre mais 20 leitos de UTI

Postado em 22/05/2020 | 18:24

O Instituto Doutor José Frota (IJF), abrirá, neste sábado (23), mais 10 leitos de tratamento intensivo (UTI) no IJF 2, para o atendimento às vítimas de complicações respiratórias e sistêmicas causadas pela Covid-19. Outros 10 leitos também serão abertos até a próxima quarta-feira (27).

A expansão se dá após o recebimento de mais 20 respiradores enviados pela Governo do Estado e 71 monitores multiparâmetros adquiridos pela Prefeitura de Fortaleza.

Com os equipamentos, o IJF 2 passará a contar com 90 leitos de UTI e 60 leitos de enfermaria, todos com suporte e insumos adequados às terapias clínicas dos pacientes e para a atuação segura dos profissionais, assim como para o controle dos riscos e infecção no ambiente hospitalar.

O IJF 2 já conta com infraestrutura, mobiliário e equipes multiprofissionais para o atendimento especializado dos pacientes encaminhados por meio da Central de Regulação de Leitos do Município.

Para continuar a luta no combate ao Coronavírus, a Prefeitura de Fortaleza vai manter o funcionamento de 12 postos de saúde durante este fim de semana (23 e 24/04), com o intuito de garantir o atendimento primário a pacientes com sintomas de Covid-19.

O Ceará já tem 2.251 mortes em decorrência do novo Coronavírus, o estado já registrou 34.573 casos confirmados do vírus. Fortaleza continua como o epicentro da pandemia no Ceará com 19.270 casos confirmados e 1.548 óbitos em decorrência do vírus.

Hoje durante entrevista coletiva o secretário de Saúde, Doutor Cabeto apontou uma tendência na redução de mortos por Covid-19 no Ceará. Uma boa notícia é que 438 pacientes que foram atendidos no hospital de campanha do estádio Presidente Vargas (PV), já receberam alta médica. E neste final de semana, 56 novos leitos serão entregues no PV.

 

 

 
VEJA TAMBÉM
 
 
 
 

AV. DESEMBARGADOR MOREIRA 2565
DIONÍSIO TORRES CEP: 60.170-002
FORTALEZA-CEARÁ | FONE: (85) 3198.8888
CNEWS@GRUPOCIDADECE.COM.BR
SIGA O CNEWS
COMO ANUNCIAR
DESENVOLVIMENTO