NOTICIAS | POLÍTICA

PSDB aciona Conselho de Ética contra André Fernandes

Parlamentar afirmou que Dr. Cabeto, secretário de Saúde, pressiona médicos para atestarem óbitos por Coronavírus. Boato foi desmentido pelo Estado
Postado em 22/05/2020 | 13:17
Foto: Máximo Moura/ALCe

O PSDB deu entrada com uma representação na Assembleia Legislativa do Ceará contra o deputado André Fernandes (PSL) por quebra de decoro parlamentar. O documento foi protocolado na noite desta quinta-feira  (21) e requer ao Conselho de Ética da Casa que apure as acusações feitas pelo parlamentar ao Secretário de Saúde do Estado, Carlos Roberto Martins Rodrigues Sobrinho, o dr Cabeto, de pressionar médicos para o fornecimento de atestados de óbitos falsos, distorcendo dados relacionados ao número de casos de Covid-19.

“São denúncias elaboradas de má-fé, tentando atingir a imagem do secretário, com graves consequências sobre a segurança e a saúde da população, em pleno enfrentamento à pandemia do novo Coronavírus” afirma o presidente do diretório estadual do PSDB, ex-senador Luiz Pontes.

O Governo do Ceará já havia desmentido o boato, que também foi divulgado pela deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP). "Tais declarações são um insulto aos profissionais de saúde cearenses e um desrespeito às famílias das vítimas, que já sofrem neste momento difícil. O Governo do Estado do Ceará está tomando as medidas jurídicas cabíveis", consta em nota. 

Conforme Débora Nunes de Melo, diretora-geral do Serviço de Verificação de Óbitos Dr. Rocha Furtado (SVO), todos os óbitos acontecidos no Ceará são registrados e numerados em controle unificado pelo Ministério da Saúde, o Sistema de Informação de Mortalidade. Assim que uma declaração de óbito é liberada pelo médico no SVO, três vias deste documento são impressas. Uma fica no próprio SVO, outra no município e a terceira com familiares e respectivas funerárias para emissão de Registro de Óbito cartorial e procedimentos para enterro. Portanto, não há como uma morte não ser registrada.

SITUAÇÃO CRÍTICA
Esta é a segunda representação do PSDB-CE contra o deputado André Fernandes por quebra de decoro parlamentar. A primeira foi oficializada em junho de 2019, por denúncia que apontava envolvimento de parlamentares com facções criminosas no Estado. A ação vem tramitando desde então e está em sua fase final, com parecer do Conselho de Ética recomendando a suspensão do mandato parlamentar de Fernandes por 30 dias. Para ser concluído, no entanto, ainda precisa de passar por votação em Plenário.

 

 
VEJA TAMBÉM
 
 
 
 

AV. DESEMBARGADOR MOREIRA 2565
DIONÍSIO TORRES CEP: 60.170-002
FORTALEZA-CEARÁ | FONE: (85) 3198.8888
CNEWS@GRUPOCIDADECE.COM.BR
SIGA O CNEWS
COMO ANUNCIAR
DESENVOLVIMENTO