NOTICIAS | CEARÁ

Comissão é criada para tentar acabar com motim de PMs

Representantes do Executivo, Legislativo e Judiciário formam grupo para resolver a crise na Segurança Pública
Postado em 26/02/2020 | 07:24

O presidente da Assembleia Legislativa, José Sarto (PDT), anunciou na noite da última terça-feira (25) a criação de uma comissão formada por representantes do Executivo, Legislativo e Judiciário a fim de buscar solições para dar à paralisação de parte dos policiais militares do Ceará.

A comissão deve ser instalada nesta quarta-feira (26), após a indicação dos membros, e logo em seguida já fará a sua primeira reunião. O grupo terá a participação do Ministério Público do Ceará, assim como o acompanhamento do Exército Brasileiro.

O motim de policiais militares completou oito dias nesta terça-feira (25). A paralisação ocorre em meio à reivindicação de policiais militares por aumento salarial. O motim e movimentos grevistas são proibidos para policiais, conforme a Constituição Federal.

Por conta da crise na segurança, a Força Nacional e o Exército passaram a atuar em Fortaleza. Nesta terça, os municípios do Crato e Juazeiro do Norte, na Região do Cariri do Ceará, também começaram receber tropas do Exército.

Leia também: Chega a 170 número de homicídios durante motim de policiais

 

 
VEJA TAMBÉM
 
 
 
 

AV. DESEMBARGADOR MOREIRA 2565
DIONÍSIO TORRES CEP: 60.170-002
FORTALEZA-CEARÁ | FONE: (85) 3198.8888
CNEWS@GRUPOCIDADECE.COM.BR
SIGA O CNEWS
COMO ANUNCIAR
DESENVOLVIMENTO