NOTICIAS | CEARÁ

"Não se justifica o que estão fazendo", lamenta governador

Camilo Santana ainda parabenizou e prometeu reconhecer trabalho da Polícia Civil diante da crise
Postado em 21/02/2020 | 13:30
Foto: Reprodução

O governador do Ceará, Camilo Santana, visitou, nesta sexta-feira (21), comandos, quartéis, delegacia-geral da Polícia Civil. Na ocasião, conversou com as tropas. Insatisfeito com as ações de paralisação dos militares, o chefe de Estado afirmou ser aberto ao diálogo. Além disto, parabenizou a Polícia Civil pelo trabalho desempenhado na crise e garantiu que o desempenho será reconhecido. 

"Eu confio na Polícia Militar do Ceará. Os cearenses confiam em vocês. E quero dizer que o meu compromisso de continuar e tudo que eu puder fazer, enquanto governador, para valorizar a nossa tropa, a gloriosa Polícia Militar, eu farei", prometeu Camilo, que ainda cumprimentou parte da corporação.

No Corpo de Bombeiros, lamentou a paralisação. "Aceitei as propostas das instituições que representam os senhores e as senhoras. Mandei a lei para a Assembleia. Não se justifica o que alguns estão fazendo no Ceará nesse momento", disse. 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por O portal de notícias da Cidade (@portalcnews) em

Na Polícia Civil, Camilo afirmou que saberá reconhecer o trabalho desempenhado pelos policiais na crise. "A minha mensagem aqui é de gratidão, de agradecimento, de confiança e agradecer esse trabalho", disse. 

EXÉRCITO NAS RUAS
As tropas do Exército Brasileiro começam a patrulhar as ruas de Fortaleza e Região Metropolitana nesta sexta-feira (21), no quarto dia de motim de policiais militares. Neste sábado (20) está prevista a chegada de soldados e oficiais dos quartéis do Rio Grande do Norte, de Pernambuco e da Paraíba.

 

 
VEJA TAMBÉM
 
 
 
 

AV. DESEMBARGADOR MOREIRA 2565
DIONÍSIO TORRES CEP: 60.170-002
FORTALEZA-CEARÁ | FONE: (85) 3198.8888
CNEWS@GRUPOCIDADECE.COM.BR
SIGA O CNEWS
COMO ANUNCIAR
DESENVOLVIMENTO