NOTICIAS | POLÍCIA

Tiroteio em quadra foi "um caso isolado", garante escola

Instituição garante que vai dar apoio aos pais e familiares e pediu intensificação da segurança dentro da comunidade
Postado em 16/01/2020 | 11:22
Foto: Reprodução

O Centro Educacional Doris Johnson, no bairro José Walter, em Fortaleza, afirmou que o tiroteio na quadra da instituição foi um "caso isolado". Dois homens invadiram o local durante a noite. Um deles aparece em imagem de câmera de segurança, atirando contra dois estudantes que jogavam futebol. Ao todo, três pessoas foram atingidas. 

"Dentre os jovens feridos estavam dois alunos matriculados em cursos da instituição, e uma jovem que assistia o jogo, e seus nomes não serão revelados devido a proteção garantida pelo Estatuto da Criança e do Adolescente", diz a nota. "Nenhum destes jovens foi ferido gravemente e todos estão se recuperando do ocorrido, já tendo sido submetidos a procedimentos médicos e aguardando alta do hospital", completa. 

A escola está em período de férias. Entretanto, a instituição cedeu a quadra escolar para o lazer da comunidade durante o mês de janeiro. Cerca de mil crianças e adolescentes são atendidos pelos projetos extraescolares realizadas pelo Centro Educacional. 

Após o tiroteio, o núcleo gestor se reuniu na manhã desta quinta-feira (15), onde deliberaram sobre o assunto. Apesar de não detalhar sobre o encontro, a escola afirmou que vai dialogar com "pais e familiares para dar o apoio necessário, como também pede pela intensificação da segurança dentro da comunidade em que [o projeto] está inserido". 

 

 
VEJA TAMBÉM
 
 
 
 

AV. DESEMBARGADOR MOREIRA 2565
DIONÍSIO TORRES CEP: 60.170-002
FORTALEZA-CEARÁ | FONE: (85) 3198.8888
CNEWS@GRUPOCIDADECE.COM.BR
SIGA O CNEWS
COMO ANUNCIAR
DESENVOLVIMENTO