NOTICIAS | POLÍCIA

Ex-lutador é preso após matar homem por asfixia

Suspeito confessou o crime e alegou que estava sob efeito de drogas
Postado em 13/01/2020 | 17:42
Suspeito foi preso e assumiu a autoria da morte. (Foto: Divulgação/PMCE)

Um ex-lutador de Jiu-jitsu foi preso na tarde desta segunda-feira (13), sob suspeita de matar por asfixia, um homem de 26 anos, no bairro Conjunto Ceará, em Fortaleza. Os dois tiveram um relacionamento casual durante a noite. Pela manhã, durante um conflito, o suspeito, identificado como João Gabriel dos Santos Maia (20), agrediu a vítima, que não resistiu. 

Gabriel, encontrado no bairro Jurema, em Caucaia, confessou o crime e disse que estava sob efeito de crack. Em depoimento, disse que combinou ter relação sexual com Francisco Rodrigues da Silva Júnior (26). Os dois dormiram juntos. Na manhã seguinte, os homens pensavam em transar mais uma vez, só que tiveram divergências, iniciando uma briga. Sob efeito de drogas, o suspeito disse que perdeu a noção da força e o enforcou. 

Quando percebeu a morte de Francisco, Gabriel decidiu fugir, mas não encontrou a chave da casa. Por isto, arrombou a porta e fugiu com um fogão de duas bocas do homem, encontrado com o suspeito. 

Francisco Rodrigues era natural do Maranhão e residia em Fortaleza há aproximadamente dez meses. Em Fortaleza, trabalhava em uma pizzaria. O corpo foi encontrado por vizinhos com vários hematomas. Vizinhos relararam que o homem sofria ameaças de morte. O caso é investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

 

Com informações de João de Albuquerque, da TV Cidade

 

 
VEJA TAMBÉM
 
 
 
 

AV. DESEMBARGADOR MOREIRA 2565
DIONÍSIO TORRES CEP: 60.170-002
FORTALEZA-CEARÁ | FONE: (85) 3198.8888
CNEWS@GRUPOCIDADECE.COM.BR
SIGA O CNEWS
COMO ANUNCIAR
DESENVOLVIMENTO