NOTICIAS | POLÍCIA

Prefeito de Granjeiro é morto enquanto caminhava

A Polícia Militar realiza diligências para encontrar os suspeitos de participação no crime
Postado em 24/12/2019 | 08:01
Foto: Arquivo pessoal

O prefeito de Granjeiro, João Gregório Neto, foi morto nesta terça-feira (24), com um tiro nas costas. A vítima caminhava próximo à parede do Açude Junco, quando o homicídio aconteceu. Segundo o relato de testemunhas, um carro se aproximou e o suspeito atirou. Cerca de três disparos foram efetuados. Os moradores ainda se aproximaram para socorrer, mas a vítima já estava morta. A autoria e a motivação ainda são desconhecidas. 

Em nota, a Prefeitura de Granjeiro confirmou o homicídio. "A administração Governo de Todos acredita na Justiça e espera que os responsáveis por este crime sejam punidos de acordo com a lei. Que Deus conforte a família, amigos e a população de Granjeiro neste momento de dor". 

João Gregório, conhecido como "João do Povo", ingressou na política na década de 80, sendo eleito vereador por dois mandatos consecutivos pelo Partido da Frente Liberal (PFL). Na década seguinte abriu duas churrascarias e uma pousada. Em 2016 retornou à política, sendo eleito prefeito pelo Partido Social Democrático (PSD) com 2.358 votos.

ESCÂNDALO
Em novembro do ano passado, a casa do prefeito foi alvo dos dos mandados de busca e apreensão efetuados pela Polícia Federal na operação Bricolagem. Na ocasião, os agentes encontraram R$ 123 mil escondidos em caixas de sapatos. Conforme a delegada Juliana Pacheco, que atua na Delegacia de Combate às Ações Criminosas Organizadas (Draco), existe suspeita de fraude nas licitações de Granjeiro. As obras da cidade eram administradas por empresas que estavam sob o comando do prefeito, caracterizando lavagem de dinheiro.  

 

 
VEJA TAMBÉM
 
 
 
 

AV. DESEMBARGADOR MOREIRA 2565
DIONÍSIO TORRES CEP: 60.170-002
FORTALEZA-CEARÁ | FONE: (85) 3198.8888
CNEWS@GRUPOCIDADECE.COM.BR
SIGA O CNEWS
COMO ANUNCIAR
DESENVOLVIMENTO