NOTICIAS | CEARÁ

Desabamento do Edifício Andrea completa um mês

Nove pessoas morreram e sete foram resgatadas com vida
Postado em 15/11/2019 | 13:09

No local onde ficava o edifício Andréa, atualmente está os nomes das vitimas que morreram no desabamento que foram gravados no muro que cerca o terreno.


 

A tragédia que resultou em nove pessoas mortas, aconteceu no dia 15 de outubro quando o edifício de Andréa de sete andares, desabou às 10h daquela manhã. No prédio residiam 11 famílias e tinha iniciado uma reforma dias antes do desabamento.

Os trabalhos de resgate duraram 5 dias, envolvendo centenas de bombeiros e voluntários que se uniram em uma força-tarefa para ajudar as vítimas e amparar familiares.

Nesta quinta-feira, 14, a Polícia Civil do Ceará informou que 36 pessoas foram ouvidas durante as investigações, porém ainda não é possível concluir as análises. 


 

A Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce), por meio do Núcleo de Perícia e Engenharia Legal e Meio Ambiente (Nupelm), ainda não concluíram o laudo que deve apontar as causas da queda.

Um mês depois da tragédia do edifício Andréa, os sobreviventes ainda tentam reconstruir suas vidas.

VÍTIMAS RESGATADAS:
Antônia Peixoto Coelho
Cleide Maria da Cruz Carvalho
Davi Sampaio
Fernando Marques
Francisco Rodrigues Alves
Gilson Gomes
João Ycaro Coelho de Menezes

VÍTIMAS RESGATADAS SEM VIDA:
Frederick Santana dos Santos
Maria da Penha Bezerril Cavalcante
Izaura Marques Menezes
Antônio Gildásio Holanda Silveira
Nayara Pinho Silveira 
Roseane Marques de Menezes

 

 
VEJA TAMBÉM
 
 
 
 

AV. DESEMBARGADOR MOREIRA 2565
DIONÍSIO TORRES CEP: 60.170-002
FORTALEZA-CEARÁ | FONE: (85) 3198.8888
CNEWS@GRUPOCIDADECE.COM.BR
SIGA O CNEWS
Facebook Google Plus Twitter Youtube Instagram
COMO ANUNCIAR
DESENVOLVIMENTO