NOTICIAS | POLÍCIA

Advogado já foi investigado por atirar e ameaçar operários

Embora uma das testemunhas tivesse mudado o depoimento, outras quatro sustentaram a versão
Postado em 21/09/2019 | 12:17
Foto: Balada In/Reprodução

Aldemir Pessoa Júnior, suspeito de matar a empresária Jamile de Oliveira Correia, já foi apontado como autor de disparos e ameaças contra operários em um terreno localizado em Fortaleza. O conflito aconteceu em julho de 2005, período da briga judicial pelo espaço. Uma das testemunhas afirma que o advogado estava com uma pistola e intimidou os trabalhadores e "se não se retirassem metia bala".

O homem disparou para o alto e contra os operários, segundo o depoimento. Aldemir teria encostado a pistola na cabeça de um adolescente, caiu em um buraco e a pistola disparou. Todos correram. O depoimento ainda aponta que o advogado esbravejou contra os trabalhadores, afirmando ser dono do terreno e "mataria quem entrasse naquelas terras". Dias depois, ele prestou novo depoimento mudando a versão e disse que o suspeito somente "atirou para o chão". Outras quatro testemunhas sustentaram a primeira versão. 

Leia também: Apartamento de empresária será periciado na próxima semana

Na época, Aldemir negou ter atirado contra os operários. Conforme o relato do suspeito, alguns seguranças entraram no terreno e ele disparou para o chão. Um mestre de obra foi empurrado, mas ele nega ter aproximado a arma da cabeça do menor. O caso foi arquivado. 

Caso Jamile
Em entrevista exclusiva ao Jornal da Cidade, Aldemir afirmou que não existe nenhum indício de feminicídio, como sustenta a família da vítima. "Não existe nenhum elemento para prisão. Eu não estava fazendo nada para justificar isso", disse Aldemir, que garante ter cumprido todas as determinações impostas pelo magistrado, como entregar armas e manter distância da família e testemunhas da vítima. "Vou me apresentar quando for necessário, quando precisar ir à Região Metropolitana, pretendo avisar", prometeu.

 

 
VEJA TAMBÉM
 
 
 
 

AV. DESEMBARGADOR MOREIRA 2565
DIONÍSIO TORRES CEP: 60.170-002
FORTALEZA-CEARÁ | FONE: (85) 3198.8888
CNEWS@TVCIDADEFORTALEZA.COM.BR
SIGA O CNEWS
COMO ANUNCIAR
DESENVOLVIMENTO