NOTICIAS | POLÍTICA

Jornalista e filho de político cearense brigam em Brasília

Filho de ex-prefeito afirma que Donizete Arruda costuma difamar sua família na imprensa
Postado em 19/09/2019 | 19:00

Faltavam poucos minutos para que os passageiros de um voo para Fortaleza embarcassem num avião, que estava no pátio do Aeroporto Internacional Presidente Juscelino Kubitschek, em Brasília. Era noite desta quarta-feira (18). Já na ponte de embarque, o jornalista e radialista Donizete Arruda e Moisés Mendes, ex-secretário de Finanças e filho do ex-prefeito de Pedra Branca, Antônio Góis, que renunciou ao cargo este ano, iniciaram uma briga. Dois deputados federais cearenses confirmaram que o radialista foi atingido por vários chutes. A agressão só parou devido à intervenção de outros passageiros. 

Moisés também confirma o conflito, que teria iniciado após o jornalista tê-lo agredido verbalmente: "Ele me chamou de viado", relembra.

"Um bandido", definiu Donizete, sobre a conduta de Moisés. 

"Quando eu passei para embarcar, [ele] começou a me esculhambar e não entrei nesse clima", comentou o jornalista em um programa de rádio. O radialista conta ter ficado com uma perna roxa por conta da agressão. 

No programa de rádio, Donizete falou sobre as investigações contra o pai e o irmão de Moisés, suspeitos de crimes de corrupção. O jornalista ainda comentou sobre a vida pessoal do homem. 

Donizete afirmou que Moisés foi preso e apanhou na cadeia por integrantes de uma organização criminosa, informação negada pelo ex-secretário. "Ele quer me esculhambar. Ouçam a rádio, vejam a página dele na internet. Só vive publicando imagens e manchetes para denegrir as famílias de deputados e prefeitos", disparou Moisés, que pediu uma investigação sobre o caso. "As autoridades competentes, o Ministério Público e a Polícia Federal, devem tomar as providências necessárias", finalizou.

 
VEJA TAMBÉM
 
 
 
 

AV. DESEMBARGADOR MOREIRA 2565
DIONÍSIO TORRES CEP: 60.170-002
FORTALEZA-CEARÁ | FONE: (85) 3198.8888
CNEWS@TVCIDADEFORTALEZA.COM.BR
SIGA O CNEWS
COMO ANUNCIAR
DESENVOLVIMENTO