NOTICIAS | CEARÁ

Multada, Enel sustenta legitimidade de faturas

"Não haverá devolução de valores nas lojas de atendimento", informou nota da companhia
Postado em 09/09/2019 | 17:42
Foto: Reprodução

A Enel Distribuição Ceará foi comunicada sobre a multa de R$ 3.067.715,40 (três milhões, sessenta e sete mil, setecentos e quinze reais e quarenta centavos) imposta pelo Procon Fortaleza. A companhia recebeu a notificação às 15h29 desta segunda-feira (9). A decisão é resultante do processo administrativo que apurou o envio de duas contas de energia com vencimento no mesmo mês. 

A companhia informou que vai se pronunciar no período determinado pelo Procon Fortaleza, 10 de outubro. "A empresa esclarece que a cobrança foi legítima e não haverá devolução de valores nas lojas de atendimento", afirmou a Enel, ressaltando, mais uma vez, a mudança no sistema como argumento para o recebimento das duas contas. "Os procedimentos que a companhia adotou são legítimos e o vencimento da conta segue as regras previstas pela Resolução 414 da ANEEL, que prevê 5 dias úteis entre o recebimento e a data de vencimento da conta", diz nota. 

Para o Procon, mesmo sendo legítima a cobrança do consumo em períodos distintos, a concessionária errou quando não informou previamente aos consumidores, bem como não obteve autorização de seus clientes para efetuar a cobrança das contas no intervalo menor que 30 dias, infringindo, além de dispositivos do Código de Defesa do Consumidor (CDC), resoluções da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

 

 
VEJA TAMBÉM
 
 
 
 

AV. DESEMBARGADOR MOREIRA 2565
DIONÍSIO TORRES CEP: 60.170-002
FORTALEZA-CEARÁ | FONE: (85) 3198.8888
CNEWS@TVCIDADEFORTALEZA.COM.BR
SIGA O CNEWS
COMO ANUNCIAR
DESENVOLVIMENTO