NOTICIAS | CEARÁ

Mãe acusada de matar a filha é transferida para presídio

Ana Cristina, que está grávida de 5 meses, confessou ter matado a própria filha, de 1 ano e 10 meses, tendo o companheiro como cúmplice
Postado em 24/08/2019 | 09:15

Ana Cristina Farias Campelo, acusada de matar a própria filha de 1 ano e 10 meses com a ajuda do companheiro, padrasto da criança, Franciel Lopes de Macedo, foi transferida para o Instituto Penal Feminino Auri Moura Costa, em Aquiraz, na Região Metropolitana.

O casal estava detido em Fortaleza desde a última quarta-feira (21). Eles foram indiciados por crime de homicídio qualificado. Na última terça-feira, 20, o casal simulou um falso rapto da menina Maria Esther.
 
Eles espancaram a criança até a morte, porque a menina teria acordado chorando na madrugada, no bairro Canindezinho, em Fortaleza.


Ana Cristina deve permanecer no Instituto Auri Moura Costa durante as investigações.

 

 

 
VEJA TAMBÉM
 
 
 
 

AV. DESEMBARGADOR MOREIRA 2565
DIONÍSIO TORRES CEP: 60.170-002
FORTALEZA-CEARÁ | FONE: (85) 3198.8888
CNEWS@TVCIDADEFORTALEZA.COM.BR
SIGA O CNEWS
COMO ANUNCIAR
DESENVOLVIMENTO