NOTICIAS | EDUCAÇÃO

Cândido Albuquerque começa a montar equipe de transição

É a segunda vez que um presidente da República contraria a opinião de servidores, docentes e estudantes da UFC
Postado em 20/08/2019 | 16:02
Foto: Viktor Braga/UFC

O professor José Cândido Lustosa Bittencourt de Albuquerque, monta, durante a tarde desta quarta-feira (20), a equipe de transição para assumir a Reitoria da Universidade Federal do Ceará (UFC). Ele foi nomeado para o cargo pelo presidente Jair Bolsonaro, contrariando a consulta pública realizada na comunidade acadêmica. O reitor nomeado tem como vice o Prof. Glauco Lobo Filho, da Faculdade de Medicina.

Cândido de Albuquerque obteve 610 votos, ficando em terceiro lugar na consulta. Em primeiro lugar ficou Custódio Luís Silva de Almeida, atual vice-reitor, com 7.772 votos. É a segunda vez que um presidente contraria a opinião de servidores, docentes e estudantes da UFC. A primeira vez aconteceu em 1990, quando Antônio de Albuquerque Sousa Filho foi escolhido por Fernando Collor de Melo, mesmo não tendo preferência da comunidade institucional. 

O novo reitor toma posse em Brasília e em seguida, participa da transmissão de cargo em Fortaleza. 

Manifestações
A posse de Cândido é questionada pela comunidade acadêmica. Durante o fim da manhã, estudantes fizeram um "catracaço" no Restaurante Universitário do Campus Benfica. Sem pagar a taxa de almoço, ocuparam o local e gritaram palavras de ordem contra a nomeação. Um novo ato acontece no fim da tarde, no cruzamento entre avenida da Universidade e 13 de Maio. 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por O portal de notícias da Cidade (@portalcnews) em

 

 
VEJA TAMBÉM
 
 
 
 

AV. DESEMBARGADOR MOREIRA 2565
DIONÍSIO TORRES CEP: 60.170-002
FORTALEZA-CEARÁ | FONE: (85) 3198.8888
CNEWS@TVCIDADEFORTALEZA.COM.BR
SIGA O CNEWS
COMO ANUNCIAR
DESENVOLVIMENTO