NOTICIAS | CEARÁ

Vereadora denuncia suposto surto de febre amarela

Diante da denúncia, Secretaria de Saúde de Pacatuba afirmou que não há casos de febre amarela na cidade
Postado em 14/08/2019 | 18:43
Fotos: Karina Cardoso/Arquivo pessoal 

Em fotos, supostos técnicos da Secretaria de Saúde do Estado analisam macacos encontrados mortos na serra de Pacatuba, Região Metropolitana de Fortaleza. De acordo com a vereadora Karina Cardoso (PP), os bichos teriam sido contaminados por febre amarela. 

A doença causada por vírus é transmitida pela picada de mosquitos. Karina ficou sabendo do possível surto durante a semana. Um morador de Maranguape, cidade vizinha, teria contraído a doença ao acampar do outro lado da serra. 

Mesmo diante da denúncia, a Secretaria de Saúde de Pacatuba afirmou que não há casos de febre amarela na cidade. A pasta declarou ainda que todo o controle da doença é feito pelo Governo do Estado.

A febre amarela é uma doença que exige notificação imediata. Portanto, todo evento suspeito, seja morte de animais ou humanos, deve ser notificado até 24 horas após a suspeita inicial. De acordo com a Secretaria de Saúde de Pacatuba, o município recebeu, recentemente, técnicos do Estado para análise da fauna da serra. A operação contou com o apoio da pasta. 

Com informações de Carlos Henrique, da TV Cidade

 

 
VEJA TAMBÉM
 
 
 
 
AV. DESEMBARGADOR MOREIRA 2565
DIONÍSIO TORRES CEP: 60.170-002
FORTALEZA-CEARÁ | FONE: (85) 3198.8888
CNEWS@TVCIDADEFORTALEZA.COM.BR
SIGA O CNEWS
Facebook Google Plus Twitter Youtube Instagram
COMO ANUNCIAR
DESENVOLVIMENTO