NOTICIAS | POLÍCIA

Defesa de médico entra com pedido de habeas corpus

O prefeito afastado de Uruburetama se entregou à Polícia na última sexta-feira (19), no prédio da Superintendência da Polícia Civil
Postado em 23/07/2019 | 19:17

            

A defesa do médico e prefeito afastado de Uruburetama, José Hilson de Paiva, de 70 anos, acusado de abuso sexual contra pacientes nos municípios de Uruburetama e Cruz, entrou com um pedido de habeas corpos na noite desta terça-feira (22).
O prefeito afastado de Uruburetama se entregou à Polícia na última sexta-feira (19), no prédio da Superintendência da Polícia Civil, no Centro de Fortaleza. A defesa alega que os crimes já prescreveram.

Segundo o Tribunal de Justiça, amanhã (24) será feito o sorteio para escolher o desembargador que analisará o pedido de liberdade do médico.

A Polícia apreendeu documentos, DVD e CDs na casa do prefeito afastado de Uruburetama, José Hilson Paiva. Durante as buscas feitas em endereços do médico, a Polícia Civil encontrou um vasto material dentro do consultório particular que ele mantinha para atender as pacientes, na cidade de Cruz. “São fichas médicas de pacientes com histórico clínico, alguns CDs com material arquivado, que serão analisados para saber se existem mais vídeos, além de computadores, pen drives. Todos os dispositivos móveis onde é possível armazenar fotos ou vídeos serão analisados minuciosamente”, revelou a titular da Delegacia de Cruz, Joseanna Oliveira.

Após ser ouvido em audiência de custódia na Comarca de Itarema no último sábado (20), o médico e prefeito afastado de Uruburetama José Hilson Paiva, declarou que os abusos sexuais registrados em vídeos feitos por ele mesmo durante consultas médicas eram relações em sua “maior parte consentidas”. O médico também pediu desculpas “ao país e ao mundo” e diz que “não sabe explicar” por que gravava os vídeos e cometia os atos.

 

 
VEJA TAMBÉM
 
 
 
 

AV. DESEMBARGADOR MOREIRA 2565
DIONÍSIO TORRES CEP: 60.170-002
FORTALEZA-CEARÁ | FONE: (85) 3198.8888
CNEWS@TVCIDADEFORTALEZA.COM.BR
SIGA O CNEWS
Facebook Google Plus Twitter Youtube Instagram
COMO ANUNCIAR
DESENVOLVIMENTO