NOTICIAS | POLÍCIA

André Costa diz que tem muito material para ser analisado

A Polícia indiciou José Hilson de Paiva nos crimes de violação sexual mediante fraude e estupro de vulnerável
Postado em 19/07/2019 | 19:28

 

Foto: Divulgação/SSPDS/CE

O Secretário da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará, (SSPDS), André Costa, disse nesta sexta-feira (19), que tem muito material que foi apreendido na casa do médico e prefeito afastado de Uruburetama, José Hilson de Paiva (70), para ser analisado pela Polícia.

“É uma resposta rápida que a Polícia Civil dá. Um trabalho célere e eficiente, mas na verdade, é o início. Tem muito material a ser analisado, tendo outras possíveis vítimas identificadas. Também a partir da análise, outras vítimas que ainda não forem identificadas podem ser relacionadas. O trabalho vem sendo desenvolvido em parceria entre as delegacias de Cruz e Uruburetama, e será dada total prioridade para que possamos, dentro dos prazos legais, identificar essas vítimas, ouvir testemunhas, acelerar os procedimentos e dar a resposta que toda a sociedade cearense é merecedora”, declarou secretário da Segurança Pública, André Costa.

De acordo com a SSPDS, as investigações das delegacias municipais de Cruz e Uruburetama estão em curso para apurar os relatos formalmente registrados nas unidades policiais. Há um inquérito policial na Delegacia Municipal de Cruz, onde são apuradas as denúncias ocorridas naquele município. Três vítimas e o familiar de uma quarta mulher agredida pelo médico procuraram a unidade local da Polícia Civil e relataram o fato às autoridades policiais.

Durantes buscas feitas em endereços do médico, a Polícia Civil encontrou um vasto material dentro do consultório particular que ele mantinha para atender as pacientes, na cidade de Cruz. “São fichas médicas de pacientes com histórico clínico, alguns CDs com material arquivado, que serão analisados para saber se existem mais vídeos, além de computadores, pen drives. Todos os dispositivos móveis onde é possível armazenar fotos ou vídeos serão analisados minuciosamente”, revela a titular da Delegacia de Cruz, Joseanna Oliveira.

A Polícia indiciou José Hilson de Paiva nos crimes de violação sexual mediante fraude e estupro de vulnerável. Todo o material apreendido nos endereços que foram alvos dos mandados de busca e apreensão serão analisados por uma força-tarefa formada por profissionais da segurança pública, com objetivo analisar o conteúdo integral das mídias, bem como de robustecer os elementos probatórios do caso.

 

 
VEJA TAMBÉM
 
 
 
 

AV. DESEMBARGADOR MOREIRA 2565
DIONÍSIO TORRES CEP: 60.170-002
FORTALEZA-CEARÁ | FONE: (85) 3198.8888
CNEWS@GRUPOCIDADECE.COM.BR
SIGA O CNEWS
Facebook Google Plus Twitter Youtube Instagram
COMO ANUNCIAR
DESENVOLVIMENTO