NOTICIAS | POLÍCIA

Oito carros de luxo estão entre bens apreendidos em operação

Além dos veículos, oito empresas, apartamento e terreno foram confiscados. O valor total dos bens ultrapassa os R$ 4 milhões
Postado em 12/06/2019 | 16:41
Foto: Reprodução/TV Cidade

A Polícia Civil deflagrou, nesta quarta-feira (12), a segunda fase da Operação Labirinto que teve como alvo o confisco de bens adquiridos por meio de infrações penais. A operação foi realizada nas cidades de Fortaleza, Baturité, Capistrano e Itapiúna. Quatro pessoas foram presas e cinco mandados de busca e apreensão foram cumpridos. O valor total dos bens apreendidos ultrapassa os R$ 4 milhões.

De acordo com a Polícia Civil, foram apreendidos documentos, além dos sequestros de oito veículos, oito empresas, um apartamento, um terreno situado em um condomínio de luxo e uma carta de crédito no valor de 400 mil reais.

Leia também: Família do líder de facção paulista comandava tráfico

                       Carro de luxo é apreendido em operação contra facção

As prisões e apreensões são resultado de investigações da Delegacia Municipal de Quixeramobim, com apoio da Coordenadoria de Inteligência da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), sobre o envolvimento de integrantes com o tráfico de drogas e outras práticas ilícitas na região do Sertão Central. 

A investigação acontece desde janeiro do ano passado, com foco nas negociações de entorpecentes da organização criminosa que atua na região, em especial, nos municípios de Quixeramobim, Milhã e Senador Pompeu. Em abril deste ano, foi deflagrada a primeira fase, que teve como objetivo cumprir mandados de busca e apreensão e de prisão em desfavor de alvos que integram uma organização criminosa com atuação em municípios do Sertão Central. Na época, foram cumpridos mais de 80 mandados de prisão e 53 mandados de busca e apreensão.

Relembre: 

 

 
VEJA TAMBÉM
 
 
 
 

AV. DESEMBARGADOR MOREIRA 2565
DIONÍSIO TORRES CEP: 60.170-002
FORTALEZA-CEARÁ | FONE: (85) 3198.8888
CNEWS@TVCIDADEFORTALEZA.COM.BR
SIGA O CNEWS
Facebook Google Plus Twitter Youtube Instagram
COMO ANUNCIAR
DESENVOLVIMENTO