NOTICIAS | CEARÁ

Quatro cearenses podem ser beatificados

A mais próxima de ter sucesso na beatificação é a jovem Benigna Cardoso da Silva
Postado em 18/05/2019 | 10:24

Atualmente no Vaticano existem quatro processos de beatificação de pessoas nascidas no estado do Ceará, são eles: a jovem Benigna Cardoso da Silva, de Santana do Cariri; o monsenhor Joaquim Arnóbio de Andrade, fundador da Congregação das Missionárias Reparadoras do Coração de Jesus e o Padre José Antônio Maria Ibiapina, sacerdote que ficou conhecido por conduzir as construções de casas de caridade, igrejas, cemitérios, barragens e reservatórios pelo sertão nordestino. 


 

O PROCESSO

A beatificação é o primeiro passo para conseguir a canonização, quando deixa de ser "Beato" e passa a ser considerado "Santo". 

Após se tornar Beato, a Igreja exige a comprovação de um novo milagre para se tornar Santo. 

Os critérios para sua veracidade são: ser preternatural (a ciência não consegue explicar), instantâneo (logo após a oração), duradouro e perfeito. 

BENIGNA 

A mais próxima de ter sucesso é a jovem Benigna Cardoso da Silva.

"Heroína da Castidade", como é aclamada, Benigna foi brutalmente assassinada, aos 13 anos de idade, em 1941, a golpes de faca por outro adolescente que a assediava, depois que recusou ter relações sexuais com ele. Para a população, "ela deu a vida para não cometer pecado". 

 
VEJA TAMBÉM
 
 
 
 

AV. DESEMBARGADOR MOREIRA 2565
DIONÍSIO TORRES CEP: 60.170-002
FORTALEZA-CEARÁ | FONE: (85) 3198.8888
CNEWS@TVCIDADEFORTALEZA.COM.BR
SIGA O CNEWS
COMO ANUNCIAR
DESENVOLVIMENTO