NOTICIAS | FORTALEZA

Justiça condena réu por homicídio três anos depois do crime

O homem negou o crime, mas o depoimento de testemunhas contraria a versão
Postado em 15/03/2019 | 13:39

A Justiça condenou Thiago de Sousa Lima, conhecido como "Thiago Orelha", a 12 anos de prisão, inicialmente em regime fechado, pelo assassinato, a tiros, de Carlos Henrique de Lima dos Santos, conhecido por “Pretinho”. O crime aconteceu em dezembro de 2015, no bairro Monte Castelo, em Fortaleza. 

De acordo com o inquérito, a vítima, no dia horário do fato, estava sentada na calçada quando foi surpreendida pelo denunciado que, chegando por trás e sacando uma arma de fogo efetuou disparos mortais na cabeça do vitimado. A vítima ainda foi socorrida pelo SAMU e conduzida, entretanto veio a falecer no Instituto Dr. José Frota (IJF). Após a prática delituosa, o infrator fugiu tranquilamente do local do crime, sem prestar socorro à vítima.

O homem negou o crime, mas o depoimento de testemunhas contraria a versão. No entanto, o motivo do crime não foi revelado até a presente data, impossibilitando qualquer tipo de valoração à pena.

 

 
VEJA TAMBÉM
 
 
 
 

AV. DESEMBARGADOR MOREIRA 2565
DIONÍSIO TORRES CEP: 60.170-002
FORTALEZA-CEARÁ | FONE: (85) 3198.8888
CNEWS@TVCIDADEFORTALEZA.COM.BR
SIGA O CNEWS
Facebook Google Plus Twitter Youtube Instagram
COMO ANUNCIAR
DESENVOLVIMENTO