NOTICIAS | POLÍCIA

Aplicativo ajuda mulheres vítimas de violência

O aplicativo dá maior celeridade às medidas protetivas
Postado em 29/01/2019 | 18:32

*Matéria Patrocinada.


Foto: Tiago Stille

Uma mulher que não quer ser identificada foi vítima de violência doméstica. A Justiça concedeu a ela uma medida protetiva para que o ex-companheiro não se aproximasse. Mesmo com o documento, ela não se sentia tranquila. Sensação de segurança ela só passou a ter depois que instalou em seu smartphone o aplicativo AMIGAVV, criado exclusivamente para proteger mulheres vítimas de violência.

É só acionar o botão por 3 segundos e, instantaneamente, todas as informações estão na tela da CIOPS. Além do acompanhamento via aplicativo, a polícia mantém contato direto com as vítimas e com os autores da violência para prevenir novos casos.

Qualquer cidadão pode utilizar o smartphone para informar a ocorrência aos órgãos de segurança. É só instalar o aplicativo 190 Ceará. Com ele, a pessoa não só aciona a polícia, o Samu ou o Corpo de Bombeiros, como pode enviar fotos, vídeos, a própria localização e, assim, agilizar o atendimento da solicitação.

Em pouco mais de 1 ano já foram mais de 19 mil downloads e cerca de 1000 solicitações via aplicativo. O responsável pelos programas explica que o Ceará está usando as ferramentas e tecnologias disponíveis para agilizar o atendimento ao cidadão e melhorar a segurança pública.

 

 
VEJA TAMBÉM
 
 
 
 

AV. DESEMBARGADOR MOREIRA 2565
DIONÍSIO TORRES CEP: 60.170-002
FORTALEZA-CEARÁ | FONE: (85) 3198.8888
CNEWS@GRUPOCIDADECE.COM.BR
SIGA O CNEWS
COMO ANUNCIAR
DESENVOLVIMENTO