NOTICIAS | POLÍCIA

Justiça manda soltar policiais suspeitos de tortura

Segundo a Justiça, oafastamento das funções dos envolvidos se mostra suficiente para garantir a eficácia do processo
Postado em 09/11/2018 | 08:44

A Justiça do Ceará determinou a soltura de sete inspetores da Polícia Civil investigados por participação em um suposto esquema criminoso relacionado a roubos, extorsões e torturas. Os envolvidos na chamada "Operação Vereda" foram soltos durante audiências ocorridas nesta quarta e quinta-feira (6 e 7). As prisões foram convertidas em afastamento das funções públicas.

O titular da 32° Vara Federal, Danilo Dias Vasconcelos de Almeida, acolheu o pedido deduzido pela defesa dos acusados e considerou que a instrução processual penal se encontra na iminência de ser encerrada, acrescentando que a prisão não mais interessa à aplicação da lei penal, porque, segundo ele, há baixa probabilidade de que seja decretado algum perdimento. 

De acordo com o magistrado, o afastamento das funções dos envolvidos, no atual momento processual, se mostra suficiente para garantir a eficácia do processo. 

Os policiais afastados são: Raimundo Nonato Nogueira Júnior, Antônio Chaves Pinto Júnior, José Audízio Soares Júnior, Fábio Oliveira Benevides, Antônio Henrique Gomes de Araújo, Francisco Alex de Sousa e Rafael de Oliveira Domingues.

Leia também: Após ter prisão decretada, delegada diz que se entregará

Justiça mantém denúncia contra delegada investigada

 

 
VEJA TAMBÉM
 
 
 
 

AV. DESEMBARGADOR MOREIRA 2565
DIONÍSIO TORRES CEP: 60.170-002
FORTALEZA-CEARÁ | FONE: (85) 3198.8888
CNEWS@TVCIDADEFORTALEZA.COM.BR
SIGA O CNEWS
Facebook Google Plus Twitter Youtube Instagram
COMO ANUNCIAR
DESENVOLVIMENTO