NOTICIAS | POLÍCIA

Paraibano é preso suspeito de aplicar golpe em Fortaleza

As diligências foram iniciadas após uma vítima relatar em Boletim de Ocorrência
Postado em 06/11/2018 | 09:32

Uma investigação policial conduzida pela equipe do 2° Distrito Policial da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) resultou na prisão de um indivíduo suspeito de praticar golpes do bilhete premiado na Capital. O suspeito foi preso quando comprava uma passagem para a Paraíba, na última quinta-feira (1º), no Terminal Rodoviário Engenheiro João Thomé, na Avenida Borges de Melo, bairro de Fátima, em Fortaleza, Área Integrada de Segurança 5 (AIS 05). Com o suspeito, foram apreendidos vários cartões de crédito, relógios de luxo e dinheiro.

As diligências foram iniciadas após uma vítima relatar em Boletim de Ocorrência (B.O) os dados do veículo que os suspeitos haviam usado para praticar o crime. Em posse dessas informações, os agentes da Polícia Civil constataram que se tratava de um veículo de locadora. Os agentes se dirigiram até a sede da locadora de carros e verificaram o automóvel utilizado pelos criminosos havia acabado de ser devolvido. De acordo com levantamentos policiais, o suspeito saiu do local, em um carro de aplicativo de transporte de passageiros, com destino à rodoviária.

A composição efetuou empreitada policial com intuito de localizar e prender o suspeito. O indivíduo identificado como Edmílson Farias de Queiroz (46), sem antecedentes criminais, foi abordado e preso em flagrante por estelionato. No momento da prisão, ele comprava uma passagem interestadual com destino ao estado da Paraíba. Um inquérito policial foi instaurado no 2° Distrito Policial para investigar o fato. A Polícia Civil investiga também outras pessoas suspeitas de envolvimento com o esquema criminoso.

O suspeito preso
De acordo com informações colhidas pelos agentes de segurança que diligenciaram nas investigações das ocorrências de estelionato. Edmilson Farias de Queiroz (46) chegou a Fortaleza há pouco mais de 15 dias e estava hospedado em um hotel situado na Praia de Iracema, na AIS 01, em Fortaleza. Em parceria com outras pessoas, ele passou a praticar o crime. De acordo com as investigações, o foco dos criminosos era sempre mulheres idosas.

O golpe do bilhete premiado

O último caso foi registrado no dia 24 de outubro de 2018, quando o suspeito, com ajuda de mais dois comparsas, abordou uma idosa, que estava trafegando pela Rua Leonardo Mota, no bairro Meireles, na AIS 01. Com a desculpa de que teria ganho na loteria, mas, não poderia sacar o valor, o criminoso foi conquistando a confiança da idosa. Neste momento, aproximou-se um outro homem afirmando que ele realmente teria ganho na loteria e iria ajudá-lo a sacar o prêmio. Com essa estratégia, os criminosos conseguiram ludibriar a vítima, que iludida com a promessa de uma recompensa financeira foi até sua residência e entregou aos infratores a quantia de mil reais. Posteriormente a isso, a vítima ainda foi a um shopping e comprou dois relógios de luxo. Ao retornar para o carro, eles inventaram que ela precisava pegar um comprovante de residência para poder receber o valor prometido. Eles foram até a residência da vítima e, quando ela saiu do carro, os suspeitos empreenderam fuga.

Outro caso, foi registrado no dia 28 de agosto deste ano, com o mesmo “modus operandi”. Dessa vez, a vítima foi lesada em mais de R$ 24 mil. Todos os casos são investigados pelo 2º DP. A Polícia Civil orienta as vítimas a procurarem a unidade policial para formalizar o registro. O 2º DP fica na Rua Costa Barros,1971, no bairro Aldeota. O telefone da unidade é (85) 3101-1344.

 

 
VEJA TAMBÉM
 
 
 
 

AV. DESEMBARGADOR MOREIRA 2565
DIONÍSIO TORRES CEP: 60.170-002
FORTALEZA-CEARÁ | FONE: (85) 3198.8888
CNEWS@TVCIDADEFORTALEZA.COM.BR
SIGA O CNEWS
Facebook Google Plus Twitter Youtube Instagram
COMO ANUNCIAR
DESENVOLVIMENTO