NOTICIAS | POLÍCIA

Acusado de matar Gegê e Paca se entrega em São Paulo

André Luis foi ouvido e liberado em seguida por conta da lei eleitoral, que impede prisões que não sejam flagrantes
Postado em 26/10/2018 | 10:34

Um dos dez acusados de matar os líderes do Primeiro Comando da Capital (PCC), no Ceará, se entregou à Polícia Civil de São Paulo, na tarde da última quinta-feira (25). Antes, apenas um denunciado tinha sido localizado pela polícia. Rogério Jeremias de Simone, o 'Gegê do Mangue', e Fabiano Alves de Souza, o 'Paca', no Ceará, foram mortos em Aquiraz, na Região Metropolitana de Fortaleza, em fevereiro deste ano.

André Luis da Costa Lopes, vulgo 'Andrezinho da Baixada', se entregou à Delegacia de Guarujá, acompanhado de um advogado. A Polícia Civil informou que Andrezinho foi ouvido sobre um mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça do Ceará, no entanto, em razão do período eleitoral que veda prisões, exceto em flagrante, o suspeito prestou depoimento e foi liberado em seguida.

André é apontado nas investigações como o mandante do duplo homicídio. A Polícia não deu detalhes sobre o depoimento do acusado.

 

Denúncia
No último dia 16, o Ministério Público do Estado do Ceará denunciou outros três suspeitos de envolvimento na morte de Gegê e Paca, por homicídio qualificado. São eles: Felipe Ramos Morais, piloto do helicóptero que transportou as vítimas ao local do assassinato, atualmente preso; Jefte Ferreira Santos e Maria Jussara da Conceição Ferreira, ambos foragidos com prisão decretada. A nova denúncia foi protocolada na tarde desta terça-feira (16), na 1ª Vara da Comarca de Aquiraz. 

Segundo o MPCE, tanto as vítimas quanto os acusados de envolvimento no assassinato integravam a organização criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) ou com ela mantinham relação. 

Os três acusados já haviam sido denunciados pelo MPCE por organização criminosa armada. Felipe Morais também acumula a imputação pela prática do delito de falsificação de documento público. O único acusado pelo duplo homicídio que já se encontrava detido Felipe Ramos.

O crime
O crime ocorreu no dia 15 de fevereiro de 2018, na localidade Lagoa Encantada, no município de Aquiraz, por volta das 10h30, quando as vítimas foram assassinadas por disparos de pistola 9mm, após terem sido conduzidas ao local da execução em um helicóptero.

Leia também: Piloto suspeito de envolvimento com PCC quebra silêncio

 

 
VEJA TAMBÉM
 
 
 
 

AV. DESEMBARGADOR MOREIRA 2565
DIONÍSIO TORRES CEP: 60.170-002
FORTALEZA-CEARÁ | FONE: (85) 3198.8888
CNEWS@GRUPOCIDADECE.COM.BR
SIGA O CNEWS
Facebook Google Plus Twitter Youtube Instagram
COMO ANUNCIAR
DESENVOLVIMENTO