NOTICIAS | POLÍCIA

Sobrinho de agente penitenciário é baleado em atentado

Cerca de 15 disparos foram efetuados, relatam moradores
Postado em 25/07/2018 | 15:47

Foto: Iva Soares/TV Cidade

Cinco homens armados invadiram uma casa e tentaram matar um agente penitenciário, na tarde desta quarta-feira (25), no bairro Conjunto Industrial, em Maracanaú, Região Metropolitana de Fortaleza. Na ocasião, o sobrinho do alvo foi atingido. 

De acordo com a Polícia Militar, os homens entraram na residência, enquanto o agente estava no banheiro. Ao escutar o barulho, saiu para pegar uma arma e houve troca de tiros. Em meio ao conflito, o sobrinho do servidor foi atingido com três disparos. A vítima foi socorrida, por uma equipe da PMCE, a uma unidade hospitalar. 

Em nota, a Polícia Civil informou que "as investigações a respeito da ocorrência de lesão corporal por arma de fogo que vitimou uma criança de 11 anos de idade, sobrinha de um agente penitenciário, está a cargo da 11ª delegacia do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP). Diligências estão sendo realizadas por equipes da especializada responsável por investigar crimes contra agentes de segurança no intuito de identificar os responsáveis pela ação criminosa, ocorrida no início da tarde desta quarta-feira (25), no Conjunto Industrial, Maracanaú – Área Integrada de Segurança 12 (AIS 12). As circunstâncias do fato estão sendo apuradas". Moradores suspeitam que o crime foi cometido por integrantes de uma facção criminosa que atua na região.

 A Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) também foi acionada para realizar os primeiros levantamentos no local do crime. A Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus) está acompanhando as investigações e prestando apoio ao agente e a sua família.

O agente penitenciário atua no Centro de Triagem, em Aquiraz, mas já trabalhou na unidade Desembargador Francisco Adalberto Barros de Oliveira Leal, conhecida como "Carrapicho", em Caucaia. 

Denúncia

A Polícia Civil reforça que a população pode contribuir com as investigações repassando informações que possam ajudar na elucidação do caso. As denúncias podem ser feitas pelo número 181, o Disque Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), para o (85) 3257-4807, do DHPP, ou ainda para o número (85) 99111-7498, que é o WhatsApp do Departamento, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem. O sigilo é garantido.

 
VEJA TAMBÉM
 
 
 
 

AV. DESEMBARGADOR MOREIRA 2565
DIONÍSIO TORRES CEP: 60.170-002
FORTALEZA-CEARÁ | FONE: (85) 3198.8888
CNEWS@TVCIDADEFORTALEZA.COM.BR
SIGA O CNEWS
Facebook Google Plus Twitter Youtube Instagram
COMO ANUNCIAR
DESENVOLVIMENTO