NOTICIAS | POLÍCIA

Fundador da "GDE" morava em condomínio de luxo no Meireles

"Celinho" foi encontrado em um carro blindado. De acordo com a Polícia, ele é um dos mandantes da Chacina das Cajazeiras
Postado em 12/07/2018 | 13:34

Auricélio é apontado como um dos fundadores de facção cearense. (Foto: Divulgação/PMCE)

Auricélio Sousa Freitas (34), um dos fundadores da facção Guardiões do Estado (GDE), residia em um condomínio de luxo no bairro Meireles, área nobre da capital cearense. O criminoso tinha um padrão de vida classe média alta. Era proprietário de carro blindado, além de gostar de roupas e outros artigos de grife. 

De acordo com o delegado Leonardo Barreto, titular do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), o homem foi encontrado com documentação falsa, mas logo foi reconhecido pelos policiais. A prisão aconteceu na avenida Desembargador Moreira, ao lado da Assembleia Legislativa do Ceará.

Preso, responderá por furto qualificado, roubo, tráfico de drogas, porte ilegal de armas, homicídio dolosos, além de ser apontado como um dos mandantes do Massacre das Cajazeiras, registrado no começo do ano. A chacina é considerada a maior da história do Ceará, com 14 mortes. O crime repercutiu internacionalmente

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) confirmou a prisão: "Auricélio de Sousa Freitas (35), conhecido por "Celinho", estava em um Corolla, quando foi abordado pelas equipes policiais, na Avenida Desembargador Moreira.  Na ocasião, ele apresentou um documento com a sua foto, mas com o nome de Luis Carlos Domingos da Silva. Contudo, os profissionais de segurança já sabiam que se tratava de "Celinho", que é investigado, entre outros crimes, pela participação nas 14 mortes ocorridas no bairro Cajazeiras (AIS 07), no dia 27 de janeiro deste ano".

PCC não brigou com facção cearense por ser menor
Com pouco mais de mil integrantes no Ceará, o Primeiro Comando da Capital (PCC) não brigou com a facção cearense Guardiões do Estado (GDE), por ter menos integrantes. A organização local tem cerca de 15 mil pessoas espalhadas nas cidades em que atua. Por conta da diferença, os grupos não entraram em guerra no ano passado.

 

 
VEJA TAMBÉM
 
 
 
 

AV. DESEMBARGADOR MOREIRA 2565
DIONÍSIO TORRES CEP: 60.170-002
FORTALEZA-CEARÁ | FONE: (85) 3198.8888
CNEWS@TVCIDADEFORTALEZA.COM.BR
SIGA O CNEWS
Facebook Google Plus Twitter Youtube Instagram
COMO ANUNCIAR
DESENVOLVIMENTO