NOTICIAS | FORTALEZA

Homens são encontrados em condição similar a de escravo

Os doze homens trabalhavam com reformas de apartamento de luxo
Postado em 12/07/2018 | 07:40

Operários da construção civil foram encontrados na noite desta quarta-feira (11) trabalhando em condições análogas a de escravo, em Fortaleza. O alojamento em que os doze homens estavam fica localizado na Avenida Rogaciano Leite, perto da Câmara Municipal de Fortaleza.

Agentes da Polícia Federal e auditores do Ministério Público do Trabalho (MPT) estiveram no local para averiguar as condições de trabalho. Lá, foi descoberto que os homens trabalhavam em reformas de apartamentos de luxo. Segundo os fiscais, os operários moravam no local há, pelo menos, sete anos. Eles são naturais dos municípios de Beberibe e Acopiara. Durante esse período, eles recebiam menos de um salário mínimo por mês e não tinham garantidos os direitos trabalhistas, como férias e 13º salário.

Os homens dormiam em redes e colchões e o local não estava com a construção totalmente finalizada. Foi descoberto que os trabalhadores faziam suas necessidades fisiológicas em um matagal próximo.

Os agentes vão agora tentar identificar os empregadores, que serão autuados. O Ministério Público vai rescindir os contratos de trabalho dos operários e ajuizar para que recebam todos os direitos acumulados pelo tempo em que prestaram o serviço.

 
VEJA TAMBÉM
 
 
 
 

AV. DESEMBARGADOR MOREIRA 2565
DIONÍSIO TORRES CEP: 60.170-002
FORTALEZA-CEARÁ | FONE: (85) 3198.8888
CNEWS@TVCIDADEFORTALEZA.COM.BR
SIGA O CNEWS
Facebook Google Plus Twitter Youtube Instagram
COMO ANUNCIAR
DESENVOLVIMENTO