NOTICIAS | POLÍCIA

Cerca de 50 presos fogem de presídio inaugurado em 2017

O dado pertence ao Conselho Penitenciário do Ceará. Porém, a Secretaria de Justiça afirma que o número de fugas " não ultrapassa 35"
Postado em 13/04/2018 | 14:42

Unidade foi inaugurada no fim do ano passado. (Foto: Divulgação)

Uma fuga em massa foi registrada durante a madrugada na Unidade Prisional Professor José Sobreira de Amorim, inaugurada em novembro do ano passado, em Itaitinga, Região Metropolitana de Fortaleza. Com capacidade máxima para 600 internos, o presídio abrigava, aproximadamente, 1.115 presos, segundo o Conselho Penitenciário do Ceará (Copen-CE). 

De acordo com Cláudio Justa, presidente do Copen, os suspeitos conseguiram romper as grades das celas em que estavam e pularam um dos muros da estrutura, com um pouco mais de dois metros de altura. "Foi uma ação astuta, não teve reação, troca de tiros", comentou. "Foi uma falha de segurança e vigilância", completou. 

O presidente ainda criticou a superlotação da CPPL VII. "Não adianta novos equipamentos. Não adianta confinar se vai permitir a superlotação. Esses fatores são determinantes para a fuga", disse. Segundo Justa, o presídio era ocupados por integrantes da facção criminosa Guardiões do Estado (GDE). 

Apesar do tamanho do muro, cercado por grades, Cláudio Justa definiu o prédio como "modelo padrão", com "o que existe de mais moderno na arquitetura prisional". Cláudio Justa afirma que aproximadamente 50 presos fugiram. Entretanto, em nota, a Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus), nega o número. "A contagem está em andamento, mas o número não ultrapassa 35 internos. As diligências de recaptura estão em andamento", informou em nota. Para a fuga, os presos usaram uma corda artesanal. 


Presos cavaram buraco na parede do presídio. (Foto: WhatsApp/TV Cidade)

CPPL II
Ainda na madrugada, agentes penitenciários da Casa de Privação Provisória de Liberdade Professor Clodoaldo Pinto (CPPL II), em Itaitinga, impediram uma fuga. 

Um grupo de internos conseguiu fazer um buraco na parede e chegar à área externa da unidade. Os agentes penitenciários que estavam na guarita viram a ação e alertaram os plantonistas, que reconduziram os presos às celas. As informações foram confirmadas pela Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus-CE). 

 
VEJA TAMBÉM
 
 
 
 

AV. DESEMBARGADOR MOREIRA 2565
DIONÍSIO TORRES CEP: 60.170-002
FORTALEZA-CEARÁ | FONE: (85) 3198.8888
CNEWS@TVCIDADEFORTALEZA.COM.BR
SIGA O CNEWS
Facebook Google Plus Twitter Youtube Instagram
COMO ANUNCIAR
DESENVOLVIMENTO