NOTICIAS | POLÍCIA

Grávida é baleada em assalto e perde bebê

Durante o socorro, a vítima, que estava no quarto mês de gestação, afirmou que entregou a moto e não reagiu
Postado em 28/10/2017 | 12:53

Gestante perdeu o filho. 

Uma grávida foi baleada e perdeu o bebê no município de Juazeiro do Norte, 500 quilômetros de Fortaleza, após sofrer um assalto na noite desta sexta-feira (27).

Durante o socorro, Edivânia Martins da Silva, 30 anos, que estava no quarto mês de gestação, afirmou que entregou a moto e não reagiu, mesmo assim, foi atingida pelos disparos.

A mulher teve um aborto e foi submetida a uma cirurgia de urgência no Hospital Regional do Cariri. De acordo com informações dos médicos, ele passou por uma Laparotomia e retirou o útero, impossibilitando que tenha mais filhos.

O Crime

O crime aconteceu por volta de 22 horas desse sexta-feira (27), na rua Leão XIII, onde Edivânia foi abordada por dois homens em uma moto. A dupla estava armada e anunciou o assalto, mesmo sem reagir e após entregar a moto, Edivânia foi atingida pelos disparos.

Violência que chega ao útero

A dor de Edivânia é muito parecida com a da carioca Claudinéia dos Santos Melo, que estava grávida de nove meses do pequeno Artur, levou um tiro, no dia 30 de junho, quando ia ao mercado no centro de Duque de Caxias, e teve que ser submetida a uma cesariana de emergência. O tiro atingiu a região pélvica de Claudinéia e atravessou o tórax do bebê, ferindo também uma das orelhas. Ela recebeu alta no dia 6 de julho, mas o bebê veio a óbito no dia 30 de julho. 

 
VEJA TAMBÉM
 
 
 
 

AV. DESEMBARGADOR MOREIRA 2565
DIONÍSIO TORRES CEP: 60.170-002
FORTALEZA-CEARÁ | FONE: (85) 3198.8888
CNEWS@TVCIDADEFORTALEZA.COM.BR
SIGA O CNEWS
Facebook Google Plus Twitter Youtube Instagram
COMO ANUNCIAR
DESENVOLVIMENTO