NOTICIAS | POLÍCIA

Estudante diz ter sido assediada por médico de UPA

De acordo com a denunciante, o profissional encostou seu órgão genital na paciente, durante o atendimento
Postado em 07/09/2017 | 11:38

Foto: GMaps/Reprodução

A vítima, uma estudante de 18 anos, acusa um médico da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), no bairro Autran Nunes, em Fortaleza, de assédio sexual. De acordo com a denunciante, o profissional encostou seu órgão genital na paciente, durante o atendimento. 

A estudante procurou a UPA para uma consulta. Ao recebê-la, o médico ainda teria se masturbado na frente da jovem. Ao sair da sala, assustada, a jovem procurou uma assistente social e chamou a Polícia Militar e a família. 

Um exame de corpo de delito foi feito e o caso é acompanhado pelo 10º Distrito Policial, no bairro Antônio Bezerra, em Fortaleza. o médico prestou depoimento e em seguida foi liberado. 

A Secretaria de Saúde do Ceará, responsável pela UPA, informou que colaborará com o processo de investigação policial e oferecer todas as informações necessárias para isso. A Secretaria ainda informou que repudia qualquer tipo de violência. 

 

 
VEJA TAMBÉM
 
 
 
 

AV. DESEMBARGADOR MOREIRA 2565
DIONÍSIO TORRES CEP: 60.170-002
FORTALEZA-CEARÁ | FONE: (85) 3198.8888
CNEWS@TVCIDADEFORTALEZA.COM.BR
SIGA O CNEWS
Facebook Google Plus Twitter Youtube Instagram
COMO ANUNCIAR
DESENVOLVIMENTO