NOTICIAS | POLÍCIA

Polícia cearense elucida morte de empresário potiguar

Suspeitos foram indiciados por latrocínio e associação criminosa
Postado em 12/08/2017 | 17:36
A vítima foi morta em julho do ano passado. 

A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), por meio de investigação da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), elucidou o latrocínio que vitimou o empresário potiguar Walfredo Marcelino Crisóstomo, morto no dia 13 de julho do ano passado, no bairro Conjunto Palmeiras, em Fortaleza. Quatro suspeitos de participarem do crime, que já estavam presos, foram indiciados por latrocínio e associação criminosa. 

Após investigação minuciosa da delegacia especializada, os policiais identificaram Ramiro Rodrigues Chagas (19), com antecedentes por roubo de veículo (duas vezes), roubo a residência, receptação e homicídio; e Francisco Romário Rodrigues Madeira (27), que responde a violência doméstica, ameaça, dano, roubo, receptação, homicídio doloso, porte ilegal. De acordo com as investigações, Romário e Ramiro foram responsáveis por abordar a vítima, executá-la e por abandonar o corpo do empresário na Avenida Catolé. Além disso, o carro da vítima modelo Hilux foi levada pelos criminosos na ação.

Outros dois suspeitos de terem participado do crimes são Adelson de Araújo Rocha (26), com passagem por receptação, tráfico, direção perigosa, roubo a residência, homicídio doloso; e Joabe de Oliveira Silva (25), que responde a roubo (duas vezes) e tráfico de drogas. Ambos foram flagrados realizando saques com cartões da vítima e comprando roupas em um centro comercial. As imagens das câmeras de monitoramento dos estabelecimentos auxiliaram a identificar os suspeitos.

Proprietário de oficinas de retífica de motores em Fortaleza, Walfredo fazia visitas comerciais no entorno do anel viário quando foi abordado no estacionamento de uma loja por Ramiro e Romário. Segundo o delegado George Facundo, diretor adjunto da DHPP, a dupla criminosa abordou o empresário e circulou com ele pela Avenida Costa e Silva, no bairro Mondubim. Eles levaram os pertences pessoais e cartões do empresário. O carro da vítima foi encontrado no dia seguinte ao crime, dentro de um condomínio no bairro Jurema, em Caucaia, Área Integrada de Segurança 11 (AIS 11). As equipes da DHPP localizaram o veículo por meio de denúncias anônimas. 

 

 
VEJA TAMBÉM
 
 
 
 

AV. DESEMBARGADOR MOREIRA 2565
DIONÍSIO TORRES CEP: 60.170-002
FORTALEZA-CEARÁ | FONE: (85) 3198.8888
CNEWS@TVCIDADEFORTALEZA.COM.BR
SIGA O CNEWS
Facebook Google Plus Twitter Youtube Instagram
COMO ANUNCIAR
DESENVOLVIMENTO