NOTICIAS | POLÍTICA

"É visível a perseguição política", fala De Assis Diniz

Presidente do PT-CE afirmou que não existem provas para a decisão de Sérgio Moro
Postado em 17/07/2017 | 13:39

A condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a nove anos e seis meses de prisão, continua repercutindo. O presidente estadual do Partido dos Trabalhadores (PT-CE), Francisco de Assis Diniz, afirmou que a liderança do petista para a disputa eleitoral motiva o que ele chamou de "perseguição".

"É visível a perseguição política ao Lula com o objetivo único de tirá-lo da disputa eleitoral em 2018. Ele que lidera todas as pesquisas é mais uma vez alvo deste justiçamento realizado pela operação Lava-Jato que condena de forma arbitrária apenas integrantes de um único partido", diz nota divulgada à imprensa. 

Ainda segundo o presidente "A militância do Partido dos Trabalhadores do Ceará, as forças de esquerda, os movimentos sociais, as entidades e todo o povo de luta que acredita na justiça social e na soberania popular irá as ruas protestar contra essa condenação política, sem provas".

Lula foi condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. O ex-presidente é acusado de ter recebido um apartamento triplex no Guarujá da construtora OAS e em troca, usaria sua influência para obter contratos na estatal Petrobras. 

 

 
VEJA TAMBÉM
 
 
 
 

AV. DESEMBARGADOR MOREIRA 2565
DIONÍSIO TORRES CEP: 60.170-002
FORTALEZA-CEARÁ | FONE: (85) 3198.8888
CNEWS@TVCIDADEFORTALEZA.COM.BR
SIGA O CNEWS
Facebook Google Plus Twitter Youtube Instagram
COMO ANUNCIAR
DESENVOLVIMENTO