NOTICIAS | EVENTOS

Centro Terapêutico Renascer traz Projeto Arte de Resgate

Iniciativa traz produtos em estamparia artesanal em tecido, cestaria em papel-jornal, crochê, macramê e costura todos feitos pelos internos
Postado em 17/02/2017 | 12:57
Foto: divulgação

De acordo com o último censo do Centro Brasileiro de Informações sobre Drogas Psicotrópicas (Cebrid), cerca de 10% da população brasileira (19 milhões de pessoas) necessitam de intervenção médica para tratar os vícios químicos. Para tornar o processo de recuperação mais humano, é possível utilizar a arte como uma interação entre tratamentos convencionais e alternativos, que além de contribuir para a saúde física e mental das pessoas, promove a reinserção social e possibilita o desenvolvimento de habilidades que podem ser utilizadas no cotidiano.

Pensando dessa forma, o Centro Terapêutico Reviver iniciou o Projeto Arte de Resgate, que em sua primeira versão traz algumas propostas de oficinas artísticas para os seus internos: estamparia artesanal em tecido, cestaria em papel-jornal, crochê, macramê e costura.

As atividades são abertas à participação de todos, com as pessoas se encaixando na opção em que tiver mais habilidade. A intenção é que o Atelier permaneça aberto durante todo o dia, para que os novos artesãos o visitem nos horários livres, permitindo assim o aperfeiçoamento da arte em que se ocupam. No final de cada trimestre será realizada uma feirinha solidária para a venda dos artefatos confeccionados, com o intuito de valorizar o trabalho dos internos e arrecadar fundos para a aquisição de novos materiais, que permitirão a continuação do projeto.

Segundo o psiquiatra Luiz Guilherme Ferreira Filho, a arte é neurociência, pela qual se alcança o inconsciente do paciente, colaborando para restabelecer o mecanismo de recompensa cerebral, deturpado pela droga. “Amplia o repertório de atuação do paciente. Ele, ainda que não tenha talento, descobre que há outras formas menos nocivas de ter prazer. Não é arte bela e nem feita para estar em galerias. É arte de resgate.”

O Centro Terapêutico Reviver fica na Rua Marquês de Pombal, nº500, no Eusébio, Região Metropolitana de Fortaleza. O espaço é coordenado por Camilla Ferreira, enquanto o Projeto Arte de Regate está sob a responsabilidade da Assistente Social Vanda Dias.

Nesse início, a iniciativa tem dado bons resultados, o que pode ser comprovado através da I Feira de Artesanato Reviver, que acontece neste sábado (18), onde serão comercializados bolsas, cangas, garrafas decoradas, panos de prato, camisas femininas e masculinas pintadas artesanalmente, todos feitos pelos próprios internos.

 
VEJA TAMBÉM
 
 
 
 

AV. DESEMBARGADOR MOREIRA 2565
DIONÍSIO TORRES CEP: 60.170-002
FORTALEZA-CEARÁ | FONE: (85) 3198.8888
CNEWS@TVCIDADEFORTALEZA.COM.BR
SIGA O CNEWS
Facebook Google Plus Twitter Youtube Instagram
COMO ANUNCIAR
DESENVOLVIMENTO