NOTICIAS | SAÚDE

Sesa alerta para contaminação por vírus influeza

Dois casos suspeitos de Síndrome Respiratório Aguda Grave foram notificados este ano no Estado
Postado em 07/02/2017 | 12:32

Foto: Reprodução

A Secretaria de Saúde do Ceará (Sesa) investiga dois casos suspeitos de Síndrome Respiratório Aguda Grave (SRAG), que pode ser causada pelo vírus influenza. Segundo a nota técnica divulgada pelo órgão, no ano passado foram notificados 534 casos suspeitos de Síndrome Respiratória Aguda Grave, destes, 97 foram confirmados por influenza, 33 por outros vírus respiratórios, com 17 óbitos por influenza. 

A nota ainda alerta aos profissionais da Saúde para ficarem em alerta “para a identificação precoce de Síndrome Gripal (SG) em pacientes com fatores de risco ou pertencentes a grupos de risco, a fim de prevenir a evolução para a gravidade e enfatizar medidas de controle e prevenção de novos casos, além de explicitar aspectos sobre a NOTIFICAÇÃO de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG)”. 

A SRAG, que pode ser transmitida por pessoas que são infectadas pelo influenza vírus, durante uma crise de tosse ou espirro, foi diagnosticada em 263 pessoas em todo o país, segundo o Ministério da Saúde. Em 2017, 17 pessoas morreram, sendo a maior parte dos óbitos e diagnósticos, registrada em São Paulo. Foram 72 casos e 7 óbitos. 

Confira a nota na íntegra. 

A Secretaria de Saúde divulgou um quadro com medidas de prevenção: 

 
VEJA TAMBÉM
 
 
 
 

AV. DESEMBARGADOR MOREIRA 2565
DIONÍSIO TORRES CEP: 60.170-002
FORTALEZA-CEARÁ | FONE: (85) 3198.8888
CNEWS@TVCIDADEFORTALEZA.COM.BR
SIGA O CNEWS
Facebook Google Plus Twitter Youtube Instagram
COMO ANUNCIAR
DESENVOLVIMENTO