NOTICIAS | CEARÁ

Presos quebram celas e fazem motim em Cadeia Pública

Rebelião aconteceu após detentos tentarem matar outros internos da unidade
Postado em 06/02/2017 | 18:10
Celas foram destruídas pelos detentos (Foto: divulgação Polícia Militar)

Um princípio de motim foi registrado nesta segunda-feira (6), na Cadeia Pública de Tianguá, município localizado a 319 quilômetros de Fortaleza. De acordo com informações, um grupo de presos tentou matar outros quatro detentos da unidade.

A ação foi impedida por policiais militares e os detentos, alvos dos demais criminosos, foram retirados resgatados pelos agentes de segurança.

Ainda segundo relatos, cerca de 80 presos participaram do motim, controlado no início da tarde após a intervenção de policiais da Força Tática de Apoio (FTA), do Batalhão de Divisas e do grupamento Ronda do Quarteirão.

“A Polícia Militar foi acionada para atender essa ocorrência e evitar que eles fossem mortos. Os policiais logo dominaram a cadeia e tiraram eles do local. O motivo da confusão era uma rixa interna entre eles, ocorrida dentro da própria cadeia”, disse o coronel Paulo de Tasso, comandante do Batalhão da Polícia Militar de Tianguá.

De acordo com a Polícia, não foram registradas fugas da unidade, mas devido à destruição nas celas, os presos continuam soltos nas dependências de um dos setores da cadeia.

De acordo com a Secretaria da Justiça e Cidadania (Sejus), o motim aconteceu. Ainda segundo o órgão, equipes da Grupo de Apoio Penitenciário (GAP) foram chamadas ao local, que deve passar por uma vistoria, que avaliará as reais condições da unidade após o fato.

 
VEJA TAMBÉM
 
 
 
 

AV. DESEMBARGADOR MOREIRA 2565
DIONÍSIO TORRES CEP: 60.170-002
FORTALEZA-CEARÁ | FONE: (85) 3198.8888
CNEWS@TVCIDADEFORTALEZA.COM.BR
SIGA O CNEWS
Facebook Google Plus Twitter Youtube Instagram
COMO ANUNCIAR
DESENVOLVIMENTO