ESPORTES | BRASILEIRÃO SÉRIE A

Oscilação cearense na Série A

Vovô reagiu e empatou com o Corinthians, já o Leão vacilou e perdeu para Fluminense em casa
Postado em 09/09/2019 | 07:56

Por Eumar Lima


Times cearenses pela 18ª rodada do Brasileirão

Os times da capital cearense estão sempre nos extremos, nesta série A. Jogam muito bem, ou jogam muito mal. Quando não, jogam tempos, num mesmo jogo, bem distintos. Não é à toa que existe a máxima de que campeonato de pontos corridos é feito de regularidade. É exatamente isso. E tanto Fortaleza quanto o Ceará precisam entender isso logo. 

Não dá pra entrar com três volantes, jogando em casa, contra um time da zona do rebaixamento. Mesmo assim, Zé Ricardo insistiu e o fez. O resultado, derrota.

É verdade que o Fortaleza teve boas chances, finalizou muito, mas não marcou, mais uma vez. E é isso que importa.

O Fluminense, que não jogou os vinte minutos iniciais, viu que poderia ter jogo, que não precisava ficar atrás. Oswaldo Oliveira entendeu rápido o desenvolvimento da partida e venceu. 

O Leão não joga mais, não temos só críticas, mas é muito pouco efetivo. E a falta de eficiência é letal.

São pontos perdidos que estavam na conta. Ninguém pensa em perder em casa, principalmente para um concorrente direto. É preciso rever conceitos. Porque não dá para continuar justificando derrota a partir de chances criadas e perdidas. 

O Ceará, desculpe-me a comparação, fez algo bem parecido com o Fortaleza. Foi buscar um empate heróico em um jogo que parecia decidido. Méritos para Enderson Moreira, que não desistiu um só momento, que viu o jogo, sabe do que estou falando. 

Agora, mais uma vez, foi jogo de tempos bem distintos. Buscar o resultado foi incrível, mas isso não pode ser comemorado como vitória. O Ceará se abriu completamente no primeiro tempo, sofreu com as descidas do Corinthians e viu, com inércia, o time paulista com a bola o tempo todo.

Mas, com um ímpeto surreal, a equipe fez o possível para buscar o resultado. E, naquelas hipotéticas probabilidades, se tivesse mais tempo, certamente o Vozão iria em busca da vitória. 

O ponto a mais vale muito, abre mais vantagem do Z-4 e ainda encosta no principal rival.

CADA VEZ MAIS LÍDER
O Flamengo não tomou conhecimento do Avaí, jogando em Brasília. A jóia da base, Reinier, fez o seu primeiro gol, Gabriel - de novo - e Marí completaram o marcador. Agora, o rubro-negro é líder isolado, com 39 pontos. 

PERTO DO G-6
O Bahia continua mostrando bom futebol. O time de Roger Machado venceu mais uma, fora de casa, contra o Vasco. O time carioca, por sua vez, volta a olhar bem de perto os times do Z-4. 

TÁ BEM DEMAIS
O Internacional, após de se classificar à final da Copa do Brasil, venceu um concorrente direto na luta pelas primeiras posições. E não foi qualquer concorrente, foi o São Paulo. O Colorado segue firme em duas frentes. Já o time paulistano, que já flertou com a liderança, agora começa a se preocupar com quem está se aproximando do G-6.

BOA, MANO!
Na estreia de Mano Menezes à frente da academia alviverde, o time sofreu, mas venceu. Virada espetacular no fim do jogo sobre o Goiás. O verdão do Centro-Oeste segue fazendo boas apresentações, depois de algumas goleadas sofridas.

PASSOU POR CIMA
O Grêmio, em Belo Horizonte, não tomou conhecimento do Cruzeiro, 4 a 1 e cabia mais. O time de Rogério Ceni foi apático o jogo todo. Após a partida, em entrevista coletiva, um cabisbaixo Ceni falou dos problemas que vem enfrentando para domar o elenco celeste. A semana deve ser decisiva para o técnico.

PÕE NA CONTA DO VAR
Sou um defensor da tecnologia no futebol. Mas para que os erros sejam minimizados, não potencializados. Há erros bizarros, como o de ontem para o Santos, que não são aceitáveis nem mesmo sem a tecnologia. Com isso, o Peixe e o Athletico empataram em 1 a 1. 

CONFRONTO ALVINEGRO
O Botafogo recebeu o Atlético Mineiro, no Engenhão, e conseguiu importante vitória. Apesar do elenco limitado, Barroca tem conseguido dar consistência ao time do Rio. O Galo tem se distanciado do G-6. 

JOGO DOS DESESPERADOS
Em partida com ocupantes do Z-4, o CSA venceu a Chapecoense, voltou a pontuar e ultrapassou a própria Chape na tabela. Agora o time alagoano a 18ª, enquanto o catarinense a 19ª.

 
VEJA TAMBÉM
 
 
 
 

AV. DESEMBARGADOR MOREIRA 2565
DIONÍSIO TORRES CEP: 60.170-002
FORTALEZA-CEARÁ | FONE: (85) 3198.8888
CNEWS@TVCIDADEFORTALEZA.COM.BR
SIGA O CNEWS
COMO ANUNCIAR
DESENVOLVIMENTO