ESPORTES | FUTEBOL CEARENSE

Jogo entre Ceará e Fortaleza acaba em confusão generalizada

Seguranças do Tricolor teriam agredido o fisiologista Tales Brasil, do Ceará, e alguns dos atletas do Alvinegro
Postado em 16/06/2019 | 16:16
Depois que o time visitante deixou o Centro de Treinamento, o diretor foi ao vestiário utilizado pelos jogadores para fechar. Quando entrou, percebeu que vários itens foram danificados. 

Após a vitória do Sub-17 do Ceará por 1 a 0 sobre o Fortaleza, neste domingo (16), uma confusão generalizada foi registrada no Centro de Treinamento Ribamar Bezerra, em Maracanaú, Região Metropolitana de Fortaleza. Seguranças do tricolor teriam agredido o fisiologista Tales Brasil, do Ceará, e alguns dos atletas do Alvinegro. Um boletim de ocorrência foi registrado na Delegacia Metropolitana. 

De acordo com Roberto Moreira Gonçalves, diretor de base do Fortaleza Esporte Clube, ao fim da partida houve uma discussão acalourada entre as duas equipes. A situação foi controlada logo depois, pelas comissões técnicas. Depois que o time visitante deixou o Centro de Treinamento, o diretor foi ao vestiário utilizado pelos jogadores para fechar. Quando entrou, percebeu que vários itens foram danificados: Armário, chuveiro, sanitário, luminárias, mesas e cadeiras. Um representante da Federação Cearense de Futebol (FCF) foi chamado para verificar a situação do local. 

Um vídeo da trasmissão realizada pela FCF mostra o momento em que o tumulto aconteceu em campo. Confira:

Em nota, o Ceará informou que "vai arcar com todas as despesas materiais e tomar providências internas sobre o tema, pois não faz parte do nosso perfil esse tipo de atitude". O time ainda informou que cobrará a identificação de quem agrediu os atletas e profissionais do Alvinegro. "Importante salientar que o evento de hoje, não abala a cordial relação entre as direções dos clubes. Resultados adversos fazem parte do futebol e isso precisa ser assimilado com maturidade. Nosso desejo é que a violência não seja notícia no futebol e sim o que acontece dentro do campo. Por mais paz nos estádios", finaliza. 

O Fortaleza também se manifestou sobre a briga: "Após a partida, uma confusão generalizada ocorreu, com excessos de ambas as partes, sendo solucionada pela ação das comissões técnicas. O Fortaleza lamenta o ocorrido, além de repudiar os fatos que aconteceram nos vestiários do CT, time visitante, onde ele foi danificado, conforme detalhado no Boletim de Ocorrência registrado na Delegacia Metropolitana de Maracanaú. As diretorias entraram em contato, e o Ceará, através do presidente Robinson de Castro, disse que assumiria os prejuízos financeiros causados no vestiário. O Fortaleza repudia as ações ao tempo que reforça acreditar na paz, na boa convivência e que sempre vai prezar pelo diálogo. Situações pontuais como essa não vão causar um acirramento na boa relação entre as duas diretorias".

 

 
VEJA TAMBÉM
 
 
 
 

AV. DESEMBARGADOR MOREIRA 2565
DIONÍSIO TORRES CEP: 60.170-002
FORTALEZA-CEARÁ | FONE: (85) 3198.8888
CNEWS@TVCIDADEFORTALEZA.COM.BR
SIGA O CNEWS
COMO ANUNCIAR
DESENVOLVIMENTO