ESPORTES | FUTEBOL

Alojamentos de clubes cearenses passam por fiscalização

De acordo com o Corpo de Bombeiros, nenhuma irregularidade foi encontrada
Postado em 11/02/2019 | 19:26
Incêndio no CT do Flamengo deixou dois cearenses feridos. (Foto: Reprodução/TV Cidade)

Atendendo a pedido do Ministério Público do Ceará, os Centros de Treinamentos de clubes cearenses passaram por fiscalização nesta segunda-feira (11). A fiscalização acontece após a morte de dez jovens atletas no CT do Flamengo, no Rio de Janeiro. Além dos mortos, a tragédia deixou feridos. Entre eles, dois cearenses. 

O órgão estabeleceu um prazo de 15 dias para que as inspeções fossem feitas. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o trabalho foi feito concluído e nenhuma irregularidade foi encontrada nos alojamentos dos clubes. O Ministério Público garantiu que vai aguardar o resultado dos laudos. 

Leia também: Cearense ferido em incêndio no CT do Flamengo recebe alta

A fiscalização consistia em analisar o atendimento das normas técnicas sob a responsabilidade do CBMCE, tendo como foco principal as medidas de segurança contra incêndio nas edificações onde funcionam os centros de treinamento e alojamentos.

A solicitação, emitida pelo promotor de Justiça Ythalo Frota Loureiro, coordenador em exercício do NUDTOR, foi enviada ao Comandante-Geral do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBMCE), cel. Luís Eduardo Soares de Holanda; ao Presidente da Federação Cearense de Futebol, Mauro Carmélio; ao presidente do Ceará Sporting Club, Robson de Castro; e ao presidente do Fortaleza Esporte Clube, Marcelo Cunha da Paz.

Aos presidentes dos clubes também foi solicitado o envio de fotografias das instalações dos centros de treinamento, em especial dos alojamentos dos atletas, comissão técnica e funcionários. 

 

 
VEJA TAMBÉM
 
 
 
 

AV. DESEMBARGADOR MOREIRA 2565
DIONÍSIO TORRES CEP: 60.170-002
FORTALEZA-CEARÁ | FONE: (85) 3198.8888
CNEWS@TVCIDADEFORTALEZA.COM.BR
SIGA O CNEWS
Facebook Google Plus Twitter Youtube Instagram
COMO ANUNCIAR
DESENVOLVIMENTO