ESPORTES | BRASILEIRÃO SÉRIE A

Ceará não vai ser penalizado por suposta irregularidade

Ernandes atuou pelo Ceará e Goiás nesta temporada e pode ter usado documentos falsos
Postado em 03/12/2018 | 18:03

Foto: Divulgação/Cearasc.com

De acordo com o advogado Jamilson Veras, mesmo que fique comprovada a suposta irregularidade do atleta Ernandes, que defendeu o Ceará e o Goiás, nesta mesma temporada, o clube não vai ser penalizado e sim o jogador.

Segundo o artigo 234 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), a punição vai de 189 a 720 dias, para quem “falsificar, no todo ou em parte, documento público ou particular, omitir declaração que nele deveria constar, inserir ou fazer inserir declaração falsa ou diversa da que deveria ser escrita, para o fim de usá-lo perante a Justiça Desportiva ou entidade desportiva”. Além disso, uma multa no valor entre R$ 100 e R$ 100 mil reais pode ser aplicada.

No BID da CBF o jogador aparece com a data de nascimento registrada no dia 11 de novembro de 1987, mas no registro de cartório o ano é de 1985. Ernandes só jogou uma partida pelo Ceará, foi na derrota para o Santos, pelo placar de 2 a 0, na estreia da competição. O atleta deixou de fazer parte do elenco do Ceará no dia 22 de maio deste ano. Ele fez 12 jogos pelo clube e não macou nenhum gol pelo Ceará.

Se os clubes fossem penalizados, Ceará e Goiás perderiam pontos na tabela de classificação. O alvinegro cearense cairia dos 44 pontos para 41 e perderia a vaga para o Sport (PE), que terminou a série A com 42 pontos. Já o Goiás também perderia 3 pontos e a vaga para a série A do ano que vem, já que a Ponte Preta terminou a série B deste ano com os mesmos 60 pontos da equipe goiana e não se classificou por causa dos critérios de desempate.

 
VEJA TAMBÉM
 
 
 
 

AV. DESEMBARGADOR MOREIRA 2565
DIONÍSIO TORRES CEP: 60.170-002
FORTALEZA-CEARÁ | FONE: (85) 3198.8888
CNEWS@TVCIDADEFORTALEZA.COM.BR
SIGA O CNEWS
Facebook Google Plus Twitter Youtube Instagram
COMO ANUNCIAR
DESENVOLVIMENTO