11/12/2018 10:07
Bradutch lança o projeto “Startups Brazil” com seminário em Brasília
O projeto “Startups Brazil” conta com a parceria da ASTEPS – Associação de Startups e Empreendedores Digitais do Brasil.

Foto: divulgação

A Bradutch – Câmara de Comércio do Brasil na Holanda realizou, no dia 26 de novembro de 2018, o Seminário Conexão Holanda para o lançamento do projeto “Startups Brazil”, que tem como objetivo principal promover a cooperação mútua e as relações de negócios e investimentos entre o Brasil e os Países Baixos na área de startups e empresas digitais. 

O projeto “Startups Brazil” conta com a parceria da ASTEPS – Associação de Startups e Empreendedores Digitais do Brasil.  

Hugo Giallanza, presidente da ASTEPS, deseja que “essa parceria possa estreitar este relacionamento com a Bradutch e o governo da Holanda e que esta relação possa gerar um grande compartilhamento de conhecimento, intercâmbio de experiências e atração de investimento para o nosso país. Que os nossos jovens possam ter oportunidades para realizar intercâmbio em grandes empresas e startups na Holanda e trazer de volta grandes experiências e o desejo de inovar e fazer a diferença no nosso país”.

O Seminário Conexão Holanda foi realizado no Co-Piloto Espaço Coworking, em Brasília, e teve o apoio da Embaixada do Reino dos Países Baixos no Brasil. 

A abertura do evento foi feita pelo Embaixador do Reino dos Países Baixos no Brasil, Exmo. Sr. Kees van Rij, que afirmou que é do interesse da Holanda “facilitar a entrada de jovens empreendedores interessados no mercado holandês por meio de startups”. O Embaixador mencionou ainda sobre o visto que permite que startups estrangeiras conheçam melhor o ecossistema holandês, com o apoio de um mentor, e residam na Holanda por até um ano. 

O Chefe Substituto da Divisão de Ciência e Tecnologia (DCTEC) do Ministério das Relações Exteriores, Secretário Luis Fernando Machado, também participou da abertura do seminário, destacando o potencial existente dessa parceria para os ecossistemas de ambos os países. O Secretário mencionou ainda a importância desse tipo de iniciativa para incentivar a internacionalização que, segundo ele, “é essencial para elevar a produtividade dos nossos produtos e serviços”.

Logo em seguida, a diretora da Bradutch Brasília, Joyce Dias, e o diretor da Bradutch Ceará, Tiago Furtado, fizeram o lançamento oficial do projeto “Startups Brazil”.  Joyce Dias destacou que o Startups Brazil engloba todo o território brasileiro, de forma que a Bradutch realizará eventos semelhantes em outras cidades e planeja ainda organizar uma missão empresarial de startups para a Holanda.

Tiago Furtado lembrou que a própria Bradutch teve início com uma ideia de fazer algo diferente, o mesmo mindset de uma startup, querendo inovar como Câmara de Comércio e que, por isso, vem agora oferecer esse apoio à startups não só para internacionalização, mas para que elas possam prover serviços e soluções para empresas holandesas que venham para o Brasil e empresas brasileiras que estão indo para a Holanda, para que o mercado deixe de ser o Brasil e passe a ser o mundo.”

O Presidente da ASTEPS, Hugo Giallanza apresentou o ecossistema em Brasília e falou sobre oportunidades de internacionalização. Hugo destacou as particularidades que o empreendedor brasileiro encontra no país, principalmente por conta de seu tamanho continental, em comparação com a Europa, por exemplo, onde as empresas já nascem internacionais. “Aqui, os nossos empreendedores enfrentam o paradigma de expandir para o bairro vizinho. No máximo, o estado vizinho”.

Em seguida, a Coordenadora de Internacionalização da ApexBrasil – Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos, Paula Borges Gomes Akitaya, falou sobre o processo de internacionalização para startups brasileiras, incluindo os passos para um plano de expansão internacional, além dos cuidados que devem tomar para evitar erros que podem inclusive levar à falência da empresa. Ela mencionou ainda que, de acordo com pesquisas realizadas pela ApexBrasil, cada vez mais empresas brasileiras têm buscado o caminho da internacionalização.

O seminário contou ainda com uma palestra dedicada às oportunidades de intercâmbio para startups e estudantes, com destaque ao Projeto Empreendedor Global da AIESEC, a maior organização mundial de estudantes, representada no evento pelo Gerente de Vendas Corporativas da AIESEC Brasília, Arthur Bess Bisneto. Ele esteve acompanhado por Egmar Rocha, CEO da startup Easythings, sediada em Brasília, e por Tijmen Robert Simon Frie, estudante holandês participante do programa de intercâmbio na Easythings, que compartilhou sua experiência.

O encerramento do seminário foi feito pelo Lead International Business da Startup Amsterdam e Amsterdam in business, Sr. Dieter Oude Kotte, que veio para o Brasil especialmente a convite do governo holandês, iniciando seu tour por Brasília e depois com eventos organizados pelo governo holandês em Belo Horizonte e no Rio de Janeiro. 

Dieter iniciou a sua apresentação contando como surgiu a Startup Amsterdam, uma iniciativa pública e privada que tem como objetivo fortalecer o ecossistema em Amsterdã, facilitando a conexão e oferecendo oportunidades para startups, aceleradoras, incubadores, espaços de coworking, investidores, universidades e outras partes interessadas.  Em seguida, ele falou sobre o ecossistema em Amsterdã e as oportunidades para startups estrangeiras, mencionando inclusive as startups estrangeiras que já estão presentes na Holanda, e contando um pouco mais sobre os planos para que Amsterdã esteja sempre entre as cidades top 3 no ranking mundial para se fundar uma startup. 

Após o evento, o Embaixador do Reino dos Países Baixos no Brasil, Exmo. Sr. Kees van Rij, ofereceu uma recepção em sua residência oficial para convidados e participantes do seminário.

O evento contou com a presença de mais de 20 startups locais, aceleradoras, membros do governo distrital e federal, incluindo a presença da Secretária Camila Silva Leão d’Araujo Olsen, Chefe da Divisão de Operações de Promoção Comercial do Ministério das Relações Exteriores – MRE, do Sr. Mario Henrique Lima, Diretor do Biotic – Parque Tecnológico de Brasília, do Sr. Johann Bischof, gestor do projeto de startups do SebraeLab no DF, bem como do diretor de vendas da KLM, Sr. Fabio Lessa, dentre outros participantes. 

O evento teve a cobertura da imprensa local, incluindo os jornais Correio Braziliense e Metrópoles, bem como a Revista Embassy Brasília.

A Bradutch agradece a todos os parceiros envolvidos na realização desse evento, em especial o apoio recebido da Embaixada do Reino dos Países Baixos no Brasil, do Ministério das Relações Exteriores – MRE e da ApexBrasil – Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos.

Fonte:http://www.bradutch.com/2018/12/10/bradutch-launches-startups-brazil-project-with-a-seminar-in-brasilia/

 

Comentários


AV. DESEMBARGADOR MOREIRA 2565
DIONÍSIO TORRES CEP: 60.170-002
FORTALEZA-CEARÁ | FONE: (85) 3198.8888
CNEWS@TVCIDADEFORTALEZA.COM.BR
SIGA O CNEWS
COMO ANUNCIAR
DESENVOLVIMENTO