12/07/2020 09:08
USO DA SILAGEM DE MILHO NO ENRIQUECIMENTO DA NUTRIÇÃO DO REBANHO BOVINO

A silagem de milho tem sido, ao longo dos últimos anos, uma importante alternativa que os criadores de gado de corte e leiteiro encontraram, para oferecer ao rebanho, uma opção alimentar que fosse facilmente palatável, rica em energia e com alta digestibilidade.

Mas os desafios para a produção de silagem são muitos e o principal deles, é conseguir aliar uma boa qualidade, por intermédio de uso de tecnologias que propiciem a redução de custos. Conhecer o processo produtivo é fundamental, pois o manejo inadequado pode pôr toda a rentabilidade em risco, ao passo que ocasionará perda de matéria seca, a qual tem uma relação direta com a qualidade da silagem. Tal descompasso afetará a saúde e a produtividade do rebanho.

O surgimento do uso da silagem como opção alimentar, se deu como uma estratégia para evitar as perdas nutricionais dos animais em períodos mais secos.

Percebe-se que, ao longo dos anos, houve variações de perspectivas sobre os padrões de qualidade das silagens. A princípio se tinha como ponto principal, ter o maior volume possível de massa verde extraída por hectare, pois assim haveria uma boa redução dos custos produtivos. Mas, houve uma evolução no padrão genético dos animais, e assim surgiu uma visão de que, uma silagem com uma maior proporção de grãos, acabaria sendo a melhor alternativa, pois eles são mais digestíveis, comparados às folhas e aos colmos.

Podemos aqui destacar, os pontos que fazem da silagem de milho um alimento tão eficiente:

- Alto valor nutricional;

- Fácil aceitação pelo animal;

- Boa capacidade de conversão alimentar.

Vamos agora destacar, quais são as etapas do processo produtivo da silagem de milho:

1 – PLANTIO

Todas as etapas são fundamentais para garantir a qualidade da silagem. No plantio se faz necessário o acompanhamento agronômico de um técnico.

2 – PONTO DE COLHEITA

Alguns estudos demonstram que, a porcentagem ideal de matéria seca do milho, precisa estar em torno de 30% para que seja realizada a colheita. Este ponto ideal, costuma durar em torno de 10 dias. Findado este prazo, acaba se elevando o teor de massa seca, e assim as perdas na colheita aumentam, o que vai dificultando também a compactação. Além de ocasionar problemas diretos na digestão dos animais, e por conseguinte proporcionará queda na produtividade e no desempenho.

3 – COMPACTAÇÃO

A fermentação é um dos principais pontos para se conseguir uma boa qualidade na silagem. Para se alcançar uma fermentação ideal, é necessário que se retire o máximo de oxigênio possível da massa verde que será ensilada. Além de dosar a respiração, isso favorece a elevação da temperatura e a ação das bactérias que produzem o ácido láctico. Logo, a compactação se demonstra necessária para garantir que o processo aconteça com maior eficiência.

4 – ENSILAGEM

Importante informar que esta etapa sofre variações conforme a silagem escolhida, e que nesta estão contidas mais quatro fases, que são:

- Fechamento do silo;

- Fermentação ativa;

- Fase ativa

- Abertura do silo.

 

IMPORTANTES PONTOS PARA SE CONSEGUIR A MÁXIMA EFICIÊNCIA NA PRODUÇÃO DA SILAGEM DE MILHO

 

- Identificar quais as prioridades produtivas da propriedade;

- Fazer uma análise de todos os aspectos econômicos e técnicos, a fim de se eliminar possíveis erros no processo de plantio;

- Definição do híbrido do milho, a fim de se conseguir a adaptação correta para a região de cultivo, geminada com a época de plantio;

- Garantir os nutrientes necessário no solo e um bom programa de adubação são essenciais para o desenvolvimento e a produtividade do cultivo;

- Definir previamente quais os equipamentos e maquinários que serão usados;

- Ponto, etapa e manejo corretos para a colheita;

- Escolher a mão-de-obra que garantirá o manejo correto.

 

Saliento que o produtor precisa ter total conhecimento da área, antes de fazer o seu investimento.

Vale muito salientar que quanto menor o tempo desde a colheita até a vedação, menores serão os desperdícios durante a fermentação e na geração de valor nutricional do alimento.       

Comentários


AV. DESEMBARGADOR MOREIRA 2565
DIONÍSIO TORRES CEP: 60.170-002
FORTALEZA-CEARÁ | FONE: (85) 3198.8888
CNEWS@GRUPOCIDADECE.COM.BR
SIGA O CNEWS
COMO ANUNCIAR
DESENVOLVIMENTO