08/09/2019 08:43
GOVERNO FEDERAL INAUGUROU O OBSERVATÓRIO DA AGROPECUÁRIA BRASILEIRA.

Foi inaugurado nesta quinta-feira (5), na sede do MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), o Observatório da Agropecuária Brasileira. Tal ferramenta se destina a fornecer aos gestores acesso às informações de forte teor estratégico para a tomada de decisões, por parte dos produtores, bem como permitirá a elaboração de políticas públicas para o setor agropecuário.

O observatório tem a capacidade de integrar vários dados, que atualmente estão espalhados em vários setores do MAPA, o que ajudará aos gestores a montar estratégias que possam ter efeitos com focos principais nos pequenos produtores.

Seu desenvolvimento foi realizado em parceria com a Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) e a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). O observatório é uma integração de 18 Projetos Estratégicos da gestão atual do MAPA, os quais objetivam ampliar a competividade e a produtividade da agropecuária brasileira. Tais projetos possibilitarão a identificação dos riscos de perdas de mercados, apontarão os desafios concernentes aos custos de produtores, exportadores e do Estado. Bem como classificarão os problemas sociais e ambientais no campo.

TECNOLOGIA EMPREGADA

O observatório conta com tecnologia de ponta, e possui seu funcionamento acontecendo em uma sala de situação interativa que está instalada na Secretaria de Inovação, instalada no edifício-sede do MAPA. No local será possível cruzar diferentes bases de dados sobre agropecuária, os quais serão expostos em um painel avançado de Inteligência (Business Inteligence).

No espaço de interação existem 12 telas de vídeo integradas, comungadas com recursos de interligação de dispositivos móveis, além de computadores e videoconferências. São várias informações que serão disponibilizadas, entre elas, teremos imagens de satélites, dados econômicos, comerciais e de produção nacional.

A grande expectativa é que o observatório, no futuro, alimente agentes públicos, de dados produzidos por outras instituições como: a Agência Nacional de Águas (ANA) e Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), e disponibilize acesso ao público externo por intermédio de uma plataforma na web.

REFLEXÃO

A tecnologia como ponte para a informação, permitirá ao produtor, ser mais preciso para extrair melhores resultados de suas culturas. De uma forma ampla, desejamos para todas as regiões do país que as suas respetivas secretarias, aproveitem as informações para apoiar mais ainda o produtor em suas estratégias de campo e comerciais.  

Comentários


AV. DESEMBARGADOR MOREIRA 2565
DIONÍSIO TORRES CEP: 60.170-002
FORTALEZA-CEARÁ | FONE: (85) 3198.8888
CNEWS@TVCIDADEFORTALEZA.COM.BR
SIGA O CNEWS
COMO ANUNCIAR
DESENVOLVIMENTO